Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERDIDOS NA NOITE DE TEMPESTADE:O MAL/O BEM

 

PERDIDOS NA NOITE DE TEMPESTADE: O MAL


Gritos na noite,

lágrimas escorrem do corpo dos anjos caídos,

ruas mortas de medo

a festa acaba banhada em tiroteio

no meio da penumbra

Anjos e demônios

Enfrentam-se

Na escuridão

Lágrimas vermelhas

As ruas se apagam

Naquela festa maligna

Muitos tiros

Tempestade de sangue

Seres moribundos
 
Tudo termina

Todos morrem

O dia fica noite

Nada mais existe

O mundo termina

Anjos revivem no céu

Demônios queimam no inferno

 
Fred Albano & Luamor



Perdidos NA NOITE DE TEMPESTADE: O BEM


Gritos na noite,

lagrimas escorrem do corpo dos anjos caídos,

ruas mortas de medo

a festa acaba banhada em tiroteio

no meio da penumbra

Em concreto armado

Ruas vencem o medo

Em benevolências

Anjos voam

Indefinível brilho

Olhos de esmeraldas

A festa recomeça

Caminhos sobre nuvens

Armas apagadas

Juntos todos os deuses

Eternizam...

Este solene momento
 
Na luz do sol


Fred Albano & Luamor


Poeta Fred Albano, mais um prazer unir meus versos aos seus, achei tão original sua ideia que versei em duas vertentes: O BEM, O MAL.Bjo LUA


Luamor
Enviado por Luamor em 06/04/2011
Reeditado em 08/04/2011
Código do texto: T2893104

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Luamor
São Paulo - São Paulo - Brasil
1083 textos (84685 leituras)
17 áudios (936 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 08:44)
Luamor