Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Ponto e a Reta

Certa vez uma magnífica “linha Reta” adormeceu e sonhou que era um humilde “Ponto”.
Andando por aqueles lugares que só os sonhos nos oferece o Ponto avistou uma Reta e admirou sua retidão:
--  és tu Reta, a mais pura expressão da ética, da beleza e da unidade.
Ao que a Reta respondeu em tom solene: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida.”
Em sincera devoção,o Ponto passou então a segui-la. Ora estava sobre a Reta, ora um pouco para direita ou um pouco para a esquerda.
Com o tempo o Ponto passou agir em tudo como a Reta e em completa convicção de ser este a melhor forma de se viver.
Mas algo ainda o incomodava.
– Oh Reta! Ainda que eu te siga, tu sempre será o “Conhecimento” e eu apenas a “opinião verdadeira.”
 “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim”
– Mas só o que eu faço é te seguir?!
Ao que a Reta respondeu:
"Então pare de me seguir. Para percorrer o caminho, tu próprio deves te tornares o caminho.”
Sobressaltado, a reta então despertou.
Atma Jordao
Enviado por Atma Jordao em 03/04/2020
Reeditado em 02/07/2020
Código do texto: T6905629
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Atma Jordao
Santos - São Paulo - Brasil, 41 anos
142 textos (2389 leituras)
2 áudios (41 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 03:48)
Atma Jordao

Site do Escritor