Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Disse a sábia anciã:

—Se você vier a mim como vítima, não a apoiarei. Mas terei a coragem de caminhar com você através da dor que está sofrendo. Vou te colocar perto do fogo, vou te despir e te sentarei na terra. Vou banhá-la com ervas, purificá-la e expurgar a raiva e a escuridão de dentro de você. Vou golpear seu corpo com boas ervas e vou colocá-la na grama, olhando para o céu.

Então soprarei sua coroa para limpar as memórias antigas que fazem você repetir o mesmo comportamento. Soprarei sua testa para afastar os pensamentos que nublam sua visão. Vou explodir sua garganta para liberar o nó que não deixa você falar. Soprarei seu coração para assustar o medo, para que ele vá longe, onde não possa te encontrar.

Soprarei seu plexo solar para extinguir o fogo do inferno dentro de você e você conhecerá a paz. Vou soprar sua barriga com fogo para queimar os apegos e o amor que não era. Vou explodir os amantes que deixaram você, os filhos que nunca vieram.

Soprarei seu coração para aquecê-lo, para reavivar seu desejo de sentir, criar e começar de novo. Soprarei seus centros de energia com força, para limpar a porta sexual de sua alma. Jogarei fora o lixo que você coletou, tentando amar o que não queria ser amado. Usarei a vassoura, a esponja e o pano, e limparei com segurança toda a amargura dentro de você.

Soprarei suas mãos para destruir os laços que a impedem de criar.

Vou soprar seus pés para tirar o pó e apagar as memórias das pegadas, para que você nunca possa voltar a esse lugar ruim.

Vou virar seu corpo, para que seu rosto beije a terra. Soprarei sua coluna da raiz ao pescoço para aumentar sua força e ajudá-la a andar de pé. E eu vou deixar você descansar.

Depois disso, você vai chorar, e depois de chorar, você dorme. E você sonhará sonhos bonitos e significativos. E quando você acordar eu estarei esperando por você. Eu vou sorrir para você, e você vai sorrir de volta. Oferecerei a você a comida que você comerá com prazer, saboreando a vida, e eu lhe agradecerei. Porque o que estou oferecendo hoje, me foi oferecido antes, quando a escuridão vivia dentro de mim. E depois que fui curada, senti que a escuridão estava saindo, e chorei...❞
"La Intuicion de las Brujas" e tradução: Fa Loureiro
Enviado por Monet Carmo em 09/03/2020
Código do texto: T6884371
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Monet Carmo
Belém - Pará - Brasil, 41 anos
3207 textos (330555 leituras)
82 áudios (10626 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 11:36)
Monet Carmo

Site do Escritor