Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Monsenhor Jorge Simão Miguel - Igreja Matriz Imaculada de Piracicaba, SP. 20/3/20126 - EVANGELIZAR É PRECISO: DOMINGO DE RAMOS - HOMILIA 2019 -

Monsenhor Jorge Simão Miguel - Igreja Matriz Imaculada de Piracicaba, SP.  20/3/20126 - EVANGELIZAR É PRECISO: DOMINGO DE RAMOS - HOMILIA 2019 -
_________

EVANGELIZAR É PRECISO: DOMINGO DE RAMOS - HOMILIA 2019 - Monsenhor Jorge Simão Miguel - Igreja Matriz Imaculada de Piracicaba, SP.  20/3/20126COMENTÁRIO sobre a pregação do
Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba, SP.


DE J B PEREIRA

Digitei a pregação acima.
01/05/2019.

1. Interessante que o Monsenhor Jorge Simão Miguel - Diocese de Piracicaba - se vale de expressões populares em sua homilia.

2. Ele usa uma linguagem fortemente emocional e exortativa, digna do contexto da pregação sacerdotal.

3. A Homilia direta, objetiva sem ser enfadonha, flui com a experiência de um sábio Sacerdote do povo de Deus ainda em atividade com seus mais de 80 anos.

J B Pereira
prof. e evangelizador católico.


______________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?clero=29

Natural de Capivari (SP)

Filiação – Simão Miguel e Adélia Simão

Nascimento – 7 de maio de 1928

Ordenação diaconal – 20 de fevereiro de 1955

Ordenação presbiteral – 8 de dezembro de 1955

É pároco emérito da Paróquia Imaculada Conceição, em Piracicaba, onde continua exercendo seu ministério como vigário-paroquial.

Monsenhor Jorge é um dos padres mais antigos da diocese. Nasceu em Capivari, em 7 de maio de 1928, filho de Simão Miguel e Adélia Miguel, e foi batizado no dia 15 de novembro na Matriz de São João Batista. Também nessa igreja recebeu a Primeira Eucaristia, foi crismado e foi coroinha por seis anos.

Em 25 de fevereiro de 1943, ingressou no Seminário Diocesano de Campinas, onde fez os primeiros estudos da formação sacerdotal. Em 1949 transferiu-se para o Seminário Central do Ipiranga, em São Paulo, onde cursou Filosofia e Teologia. Foi ordenado diácono em 20 de fevereiro de 1955 por Dom Antônio Siqueira, em São Paulo.

Em 8 de dezembro de 1955, foi ordenado sacerdote por Dom Ernesto de Paula, primeiro bispo diocesano de Piracicaba, na Catedral de Santo Antônio. No domingo seguinte, dia 11, celebrou a primeira missa solene em Capivari, na Matriz de São João Batista.

Em janeiro do ano seguinte passou a trabalhar em Piracicaba. Por dois anos foi professor e ministro de disciplina no Seminário Diocesano “Imaculada Conceição” (o primeiro seminário da diocese). Além do trabalho no seminário, também auxiliava na Paróquia Imaculada Conceição e era capelão do mosteiro das Irmãs Carmelitas. A partir de 1958, ele deixou os trabalhos no seminário diocesano e passou a se dedicar mais à paróquia, primeiramente como Vigário Coadjutor de Monsenhor Romário Pazzianotto; no ano seguinte, com o afastamento do Monsenhor Romário por motivo de doença, tornou-se Vigário Auxiliar.

E no dia 6 de janeiro de 1960, foi nomeado pároco por Dom Ernesto, ofício que exerceu por mais de 46 anos. Entre as grandes realizações de seu paroquiato, destaca-se a construção da nova igreja matriz. A cerimônia de lançamento da primeira pedra ocorreu em 27 de setembro de 1964 e a inauguração do novo templo em 23 de setembro de 1972.

Encerrou seu ofício de pároco no dia 26 de fevereiro de 2006, mas continua trabalhando na paróquia como pároco emérito e vigário-paroquial.

A SERVIÇO DA DIOCESE - Em 8 de dezembro de 1969, Dom Aníger Francisco de Maria Melillo nomeou-o Vigário Geral da diocese, ofício que exerceu por 33 anos, até o final de 2002.

Com a transferência de Dom Moacyr José Vitti para Curitiba, onde assumiu como Arcebispo Metropolitano em 18 de junho de 2004, a Diocese de Piracicaba tornou-se sede vacante. Para dirigi-la, no dia 22 do mesmo mês, Monsenhor Jorge foi escolhido pelo Colégio de Consultores como Administrador Diocesano, respondendo pelo governo da diocese até a posse do novo bispo diocesano, Dom Fernando Mason, em 24 de julho de 2005.

Completam seu currículo a serviço da diocese outros ofícios: foi membro do Colégio de Consultores, do Conselho Diocesano de Presbíteros, do Conselho Diocesano de Pastoral e diretor do Movimento Cursilhos de Cristandade.

MONSENHOR - Como Vigário Geral passou a ser chamado de monsenhor. Mas o título oficial veio em dezembro de 1980, como homenagem a seu Jubileu de Prata Sacerdotal: o Papa João Paulo II, atendendo pedido de Dom Eduardo Koaik, nomeou-o “Monsenhor Prelado de Honra de Sua Santidade”. O documento pontifício lhe foi entregue em 22 de janeiro de 1981.

Depois, em 2002, também a pedido de Dom Eduardo, o papa lhe concedeu o terceiro grau dos monsenhores, nomeando-o “Monsenhor Protonotário Apostólico Supra-numerário”, no dia 2 de dezembro. Ele é o único da diocese distinguido com essa alta honraria. O título foi entregue oficialmente no dia 16 de março, durante missa festiva presidida por Dom Eduardo.

Endereço – Av. Barão de Serra Negra, 415 – Vila Rezende
CEP 13.405-120 – Piracicaba
Fone/fax: (19) 3301-7235

Onde estamos
Av. Independência, 1146 – Bairro Higienópolis
Cep: 13.419-155 – Piracicaba-SP
Fone: 19 2106-7575
Falar Conosco
Horários de Funcionamento
Cúria Diocesana
Segunda à Sexta das 08h às 11:30 e das 13h às 17h.

Assessoria de Comunicação
Segunda à Sexta das 13:30 às 17:30


Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?clero=29

___________

Repedido em 14 de abril de 2019
na Matriz da Imaculada
Piracicaba, SP

_____

https://www.bibliaonline.com.br/nvi/lc/23/1-24

Evangelho de São Lucas 23, 1-49 - Domingo de Ramos - TVARAUTOS
https://www.youtube.com/watch?v=f2f2YfyLgVs
____________

"Porque desde criança você conhece as sagradas letras, que são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus.

Toda a Escritura
é inspirada por Deus
e útil
para o ensino,
para a repreensão,
para a correção
e
para a instrução na justiça,
para que o homem de Deus
seja apto
e, plenamente,
preparado
para toda
boa obra."
2 Timóteo 3:15-17

https://www.bibliaonline.com.br/nvi/2tm/3/15-17
______________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

PREGAÇÃO DE PADRE
Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

IGREJA MATRIZ IMACULADA CONCEIÇÃO DE PIRACICABA,
SP.
ONDE TEM SEU BUSCO DE MAIS DE 50 ANOS DE SACERDOTE DEDICADO À PIRACICABA E À DIOCESE DE PIRACICABA, SP.

_________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

Folha 1 ou Página 1:

Missa de Domingo de Ramos - 20 - 3 - 2016

Celebrante: Mons. Jorge Miguel

S. Lucas 23, 1 - 49


Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

Meus irmãos e minhas irmãs!

LUCAS 23, 1 - 49

Todos os anos celebramos e recordamos a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele, Deus assim como o Pai e o Espírito Santo, se fez homem para morrer por nós  e nos reconciliar com o Pai. Essa foi a maior prova de Amor de um Deus para conosco.
Ele poderia nos salvar de muitas e diversas maneiras, mas o meio que
Ele escolher foi enviar o seu Divino Filho se fazer homem  e morrer por nós. Ele poderia nos salvar até com um simples ato de sua vontade, mas o seu desejo foi este. Fazendo-se homem, Ele dignificou a nossa natureza humana e reparou a justiça de Deus, ofendida pelos nossos pecados.
Fazendo-se homem, Ele não deixou de seu Deu muitas vezes Ele falou e provou a sua natureza ...

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba
__________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

Folha 2 ou Página 2:


... divina. Ele nasceu da virgem Maria, escolhida para ser a mãe do Filho de Deus.
Viveu em Nazaré, com seus pais José e Maria, durante 30 anos, sem se dar a conhecer que era Deus e nasceu de maneira miraculosa do Verbo.
Mas, aos 30 anos, inciou a sua vida pública de pregador e para que o povo acreditasse nas suas palavras e divindade Jesus. Jesus realizava milagres. Por isso, Ele dizia, se vocês não acreditam nas minhas palavras, acreditem nos milagres que eu realiza. E assim Jesus transmitia a todos a sua mensagem de salvação.
Ele realizou muitos milagres: curou os cegos, os surdos e os mudos, os paralíticos, os endemoniados, os leprosos e milagres de 1a. grandeza, como ressurreição dos mortos.

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

__________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

Folha em pauta ou Página 3:

No fim de três anos de sua evangelização, Ele anunciou aos seus apóstolos que seria preso, flagelado, sofreria muito na alma e no corpo e haveria de morrer, mas ao 3 º Dia ressuscitaria.
O anúncio da sua paixão e morte, "caiu como uma ducha de água gelada no ânimo" dos seus seguidores.
Ele ficaram decepcionados, escandalizados, tristes e amargurados com a revelação de Jesus. Foi então que o Divino Mestre os levou a um alto monte, chamado Tabor, e se transfigurou diante deles, mostrando a grandeza e o esplender de sua DIVINDADE. Ele mostrou um pouquinho da sua Glória do Céu.
Muitas vezes Ele afirmou a sua natureza Divina: Ele (Jesus) dizia:
"- Eu e o Pai somos UM!" Eu faço Parte da Trindade Divina: O Pai, O Filho que SOU EU e o Espírito Santo, que é o Nosso Amor!

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba
_____________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

Folha 4 ou Página 4:

Os judeus se implicavam, tinham ódio e raiva de Jesus e queriam a todo custo acaba com sua vida, porque Jesus se dizia quer era Deus e recriminava a vida irregular dos judeus. Eles faziam questão da aparência e tinham espírito de vingança e ódio em seus corações. Jesus pregava o Amor, a Misericórdia e o Perdão. Muitas vezes, eles quiseram prender e matar o Divino Mestre.
Quando tinha 33 anos, moço ainda, Ele foi preso por traição de Judas.
Antes disso, prevendo sua morte, Ele deixou  aos seus apóstolos a sua Herança: O AMOR FRATERNO, lavou os pés dos apóstolos para que eles também fossem servidores de seu próximo e, por fim, nos deixou a DIVINA EUCARISTIA, que é o MAIOR TESOURO que Jesus nos deixou a todos nós.

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba
___________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

Folha 5 ou página 5:

Quando foi preso, Pedro, com sua espada cortou a orelha de um soldado (Malco).
Jesus o curou e disse a Pedro:
- Pedro, você pensa que Eu não posso fazer nada contra a prisão? Se Eu quisesse, eu poderia pedir ao Pai para me enviar 12 legiões de anjos para desbaratar  esses soldados!
(Jesus ainda disse:)
- Pedro, eu sou Deus e vou morrer para fazer a VONTADE DO PAI, que deu essa missão: Salvar toda a Humanidade pelo Sacrifício da CRUZ, provando o AMOR DE DEUS para com toda a humanidade.
E assim, Jesus foi condenado, sofrendo na Alma o abandono de seus apóstolos, a negação de Pedro:
- Não conheço esse homem!
Sofreu no Corpo e como sofreu com sua dolorosa flagelação; a crucificação. Pregaram as suas mãos e seus pés. Certamente com febre alta teve sede e lhe deram na Cruz, vinagre e fel.

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba
_______________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

FOLHA 6 OU PÁGINA 6:

"Jesus morreu na CRUZ ao lado de sua Querida Mãe e do Apóstolo Fiel, João Evangelista, o Único dos apóstolos a acompanhar Jesus até a sua morte.
Interessante, a gente notar que em todos os seus sofrimentos, Jesus se mostrou paciente, bondoso e conformado com tudo que lhe aconteceu. Ele não manifestou ódio e raiva contra os judeus. Ele se manifestou como o "Cordeiro que é levado para o matadouro" (Isaías 53,7 e  Atos 8:32), "manso e Humilde de coração" (Mt 11, 28-9)
Depois que Jesus morreu na Cruz, um oficial romano que presenciou tudo, dizia:
"- Na realidade, este Homem é o Filho de Deus. De fato, este Homem é um Justo!" (Mateus 27:54)

Meus irmãos e minhas irmãs!
Diante do sacrifício de Jesus em nosso favor, não podemos ficar só na contemplação de..."

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba
___________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

FOLHA 7 OU PÁGINA 7:

... suas doeres e de sua morte.
É preciso que contemplemos em nós  o que dizia o Apóstolo S. Paulo.
Em que consistia a nossa cooperação aos sofrimentos do Divino Mestre.
é vivermos conforme as suas palavras.
Viver a Palavra de Deus que é o Pão da Verdade que alimenta a nossa vida espiritual, isto é, vivermos no Bem e praticarmos o Bem.
É preciso que vivamos sempre na Graça de Deus.
"Quem vive Bem, Paz tem, mas quem vive mal, qual réu, não terá o céu."
Amemos a Deus e digamos do fundo do coração:
- Ó Deus, como eu te amo"  Amém!"


Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

________________

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

Veja foto/retrato
e biografia em:

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?clero=29
_________________

"A lei do Senhor é perfeita, e revigora a alma.
Os testemunhos do Senhor são dignos de confiança,
 e tornam sábios os inexperientes.
Os preceitos do Senhor são justos,
e dão alegria ao coração.
Os mandamentos do Senhor são límpidos,
e trazem luz aos olhos.
O temor do Senhor é puro,
 e dura para sempre.
 As ordenanças do Senhor são verdadeiras,
são todas elas justas.
São mais desejáveis do que o ouro,
do que muito ouro puro;
são mais doces."

Salmos 19:7-10

https://www.bibliaonline.com.br/nvi/sl/19/7-10

Monsenhor Jorge Simão Miguel
Diocese de Piracicaba

__________


DITADOS POPULARES - AUTO-AJUDA-LER - Google Sites
https://www.sites.google.com/site/autoajudaler/adfa
Ditados populares ... A boca do ambicioso só se fecha com terra de sepultura. ... Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas ... Aquilo que sabe bem ou faz mal ou é pecado ... Casamento e mortalha no céu se talha. ... Em casa onde não tem pão, não tem paz. .... Nem só de pão vive o homem.
Não encontrados: réu... "

https://www.sites.google.com/site/autoajudaler/adfa

____________

INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE PIRACICABA
Rua do Rosário, 781 - 13.400 - 180
Telefone - (19) 3434-8811
E-mail - ihgp@ihgp.org.br

http://www.ihgp.org.br/wp-content/uploads/2014/09/HISTORIAS-DE-PIRACICABA-EM-QUADRINHOS-Volume-II.pdf

LEANDRO GUERRINI

HISTÓRIA
DE
PIRACICABA
EM QUADRINHOS

2ºVOLUME

http://www.ihgp.org.br/wp-content/uploads/2014/09/HISTORIAS-DE-PIRACICABA-EM-QUADRINHOS-Volume-II.pdf

Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba
Piracicaba - SP
2009

326p. 16cm.

Publicado com apoio da Secretaria de Ação Cultural de Piracicaba.
ISBN' 978-85-61237-18-9

1. Piracicaba - História.
2. Piracicaba - História em quadrinhos.
[p. 324 História de Piracicaba em Quadrinhos]
 
1.Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba.
II. Secretaria de Ação
Cultural de Piracicaba. III. Titulo.
CDU-981.6IZPI

http://www.ihgp.org.br/wp-content/uploads/2014/09/HISTORIAS-DE-PIRACICABA-EM-QUADRINHOS-Volume-II.pdf
Monsenhor Jorge Simão Miguel - Diocese de Piracicaba e SP E http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?clero=29
Enviado por J B Pereira em 16/04/2019
Reeditado em 01/05/2019
Código do texto: T6625167
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1190272 leituras)
14 e-livros (84 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 06:46)
J B Pereira