Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Zumbi e Dandara estão vivos nos líderes que matamos hoje!

O grito das massas, digo, do povo, alguns dizem massa pra minimizar a identidade popular. Povo é romântico no século XIX; nação como conquista da revolução Francesa na participação das mulheres na derrubada da Bastilha. Os afrodescendentes e as mulheres negras fazem a diferença na sua união na negritudicidade como categoria local e socialmente engajada contra o sistema opressor que manipula as minorias, quando são maioridade de gente viva e às margens de tudo, lutando para sobreviver com mísero salário, com rodícios injustos de trabalhos intermitentes como se fossem ainda escravos desse mundo estranho e perverso de capitais e não de pessoas livres. A fachada de democracia nos faz chorar e rir de nós pra aprender a criticar os donos do poder... Não dá mais para aguentar tanta dor, miséria, exploração... Mortes de líderes, de mulheres das comunidades... de discriminação de gênero... de maldade nas seleções de trabalho como objeto de descarte no mercado de reserva e subemprego e subeducação, subsaúde, subtudo... escravidaão sociológicamente aos interesses globais e neoliberaios... Viva Zumbi, Viva Dandara, Viva as Negras, fim da distriminação de todo gente do Brasil no UTI... O remédio está perto... Mas, ningúem quer enxergar: o povo brasileiro é o melhor que temos... Não pode ser tratado como peça do sistema e lixo... Grita mulher, grita negro... Fim da corrupção, fim da violência contra negros e negras.... Não aceito essa maldade e injustiça, hipócritas tantos os que defendem quanto os minimizam as garantias constitucionais e conquistas históricas da nossa gente. Reconhecimento dos quilombos, fim da perseguição às comunidades e descaso de políticas públicas que não chegam às nossa escolas carcomidas pelo esquecimento de propósito, desvio e propinas que afastam nossos empregos e melhorias sociais e condições habitacionais dignas... Unidos somos fortes!

_______________________

Três mulheres cariocas, periféricas e negras produziram 3,6 milhões de tuítes que produziu o maior acontecimento político da mídia social no país
Date: 19/03/2018in: Mulher Negra
J B Pereira e https://www.geledes.org.br/tres-mulheres-cariocas-perifericas-e-negras-produziram-36-milhoes-de-tuites-que-produziu-o-maior-acontecimento-politico-da-midia-social-no-pais/
Enviado por J B Pereira em 19/03/2018
Código do texto: T6284930
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1222037 leituras)
14 e-livros (85 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 23:25)
J B Pereira