Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                " Conversa de BAR"...

Um dia me vieram dizer:
- O que te trás, tanto escrever?!!
 e Eu respondi:
-tudo e nada...

---e ficá-mos por aqui

Depois de matutar, pensar e Falar:
- tudo o que realizamos não tem presopostamente que sér rentável.
Ou viável.Tudo o que dizemos e fazemos, "acemos" por Amor em acreditar que tudo é possível.

Ele olhou-me de cerveja na Mão;
Um cópo de água e de vinho ficaram a ouvir.

A música do fundo, as vozes roucas e o brilho da noite...ficaram a assistir!

Chega outra Amiga e pergunta:
- O que escreves?!?!

Eu olheia de copo na Mão e não resisti. Calada, lhe Sorri.

Amiga:
-Quando o Livro saír compro-to!
Eu:
- Para ti ofereço de todo o Coração.

...a divagar nas palavras, os olhares se cruzavam e chegámos ao fim.
O Fim e o começo, de um Livro sem Fim; de rascunhos comoventes que crescem e aparecem nos dias de poucos "dentes".

Dentes Sãos, com Coroas falsas, Gengivas rosas que escapam.
Maxilar torto que escapa , e Hérnia morta que me dilata.

No dia que não puder escrever, abro-te a Boca e sai o Comer.


 
Divavid
Enviado por Divavid em 10/05/2009
Reeditado em 31/12/2018
Código do texto: T1585684
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Divavid
Köln - Nordrhein-Westfalen - Alemanha
1087 textos (56359 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 02:51)
Divavid