Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“PÁGINAS” QUASE ESQUECIDAS... 7h34min. (Reminiscências).


Somos de 1941, por vários motivos não “galgamos” uma formação universitária, “paramos” na terceira série do antigo ginásio, até não temos “traumas” por isto, visto que se todos fossem “formados”, quem iriam exercer as tarefas mais simples? Mas, que não deixam de ser indispensáveis para harmonia da sociedade...
       
Começamos a trabalhar cedo, um pouco mais de treze anos, a época deveria ser o final do ano de 1954, foi numa banca de revistas, bem no centro da cidade, a banca se situava ao lado da Catedral, (Rua José Bonifácio) que até hoje continua sendo o destaque desta praça. (Praça Tiradentes).
       
O trabalho se iniciava bem cedo, lá pelas sete horas da manhã, além das revistas, a banco também oferecia, - como não poderia deixar de ser – jornais, com destaque a três: Gazeta do Povo, fundada em 03/02/1919, portanto está com 101 anos, é uma pena que hoje está tão somente em Online... *
         
Havia mais dois jornais diários, que também se destacavam: o Estado do Paraná, fundado em 17/07/1951, de propriedade do empresário paranaense Paulo Pimentel, que teve o privilégio de ser governador do nosso estado, em 06/04/2011, foi adquirido pelo jornal mencionado acima. *
         
O último que iremos mencionar, tivemos o privilégio de vendermos a edição número um, que saiu em 26/03/1955, do grande empresário de destaque na época, Assis Chateaubriand, que chegou a ter um jornal em cada capital, com canais de TV, Tupy, que seria semelhante a  Rede Globo, de hoje, este jornal acabou fechando, com os “desmoronamento” deste império, em 25/03/1985*.
       
Agora voltamos ao título de nossas singelas lembrança, realmente não consigo lembrar, de como fazia as refeições, se tomava água e aonde ia ao banheiro, é evidente que “sobrevivemos”, pois passados mais de 65 anos, estamos aqui apertando a tecla do computador, “provando” que ainda estamos neste plano...

Após mais de cinco décadas, muitos fatos aconteceram, a “carreira” bancário que durou tão somente oito anos, e a nossa ida para as lidas do comércio, que durou quase cinco décadas, que deu margem a muitas outras “histórias”... 8h18min.

Curitiba, 14 de fevereiro de 2020 – Reflexões do Cotidiano – Saul
*Nomes e datas compilados da Wikipédia.
http://www.mensagensespiritas.xyz        walmor.zimerman@bol.com.br
https://www.recantodasletras.com.br/autores/walmorzimerman
       
           
Walmor Zimerman
Enviado por Walmor Zimerman em 14/02/2020
Reeditado em 17/02/2020
Código do texto: T6865851
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Walmor Zimerman
Curitiba - Paraná - Brasil, 78 anos
1470 textos (119846 leituras)
1 áudios (133 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 20:30)
Walmor Zimerman