Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MONTE SÃO FELIX - MONUMENTO AO EMIGRANTE - PÓVOA DE VARZIM - PORTO -N* 07



Nessa série de crônicas dedicadas à minha filha Samira e genro Carlos, estamos encantados com a beleza e cordialidade dos hermanos portugueses e curiosidades das cidades...


O MONTE de JOÃO FÉLIX é o monte mais alto de LAÚNDOS, freguesia do município de PÓVOA DE VARZIM - PORTO -  PORTUGAL



É um monte religioso de culto ancestral, e no sopé do monte acontece uma das maiores manifestações religiosas da Póvoa de Varzim, a Peregrinação à Nossa Senhora da Saúde, que junta cerca de trinta mil devotos.



O monte situa-se na sequência da Serra de Rates, apesar de sua altura modesta, destaca-se por uma elevação em frente a uma planície litorânea. No monte São Félix nasce o Rio Alto, que deságua na freguesia da Estela, precisamente na Praia do Rio Alto.


O povo acredita que nesse monte viveu outrora São Félix (o eremita), responsável por ter encontrado o corpo de São Pedro de Rates, primeiro bispo de Braga, que teria dado origem à igreja de São Pedro de Rates e justificado a primazia de Braga, em termos religiosos, na Península Ibérica.


O MONTE  de (202 mts)  têm 15 capelas que representam a VIA CRUCIS, como o Santuário de N. Senhora da Saúde no sopé e a Capela de São Félix no cume, ligadas por uma escadaria de 328 degraus e dois jardins laterais com as bandeiras de Portugal e Brasil.



A escadaria é iluminada durante a noite e facilmente visível da Cidade, o que aumenta o caráter religioso o Monte e sua presença na comunidade. 



O monte é um ponto de referência para os camponeses e os pescadores no mar. No último domingo de Maio ocorre a maior Romaria da Póvoa de Varzim, a Romaria da Senhora da Saúde, que junta mais de 30 mil devotos que percorrem uma distância de mais de sete quilômetros entre a Igreja Matriz da Póvoa de Varzim e o Santuário da N. Senhora da Saúde, no sopé do Monte São Félix.



MONUMENTO AO EMIGRANTE:



No alto do monte fica o imponente "Monumento do Emigrante"  feito em granito e cobre simbolizando a partida da família GIESTEIRA da sua Póvoa de Varzim, em 1955, rumo ao Brasil, uma "ESTÁTUA" significativa representando à família muito emocionada subindo a rampa do navio, tendo o pai à frente, sua esposa com um bebê ao colo, dando a mão para os outros três filhos atrás de mãos dadas que os acompanhavam. Cansados e desiludidos com a situação do seu país, juntaram as suas forças, o pouco que lhes restavam, pegaram seus filhos e vieram para o Brasil para começarem uma vida nova, repleta de esperanças pois a fé e o empenho do trabalho exaustivo nunca os abandonaram...

Aqui chegando se instalaram em São Paulo e conseguiram através de anos, de árduo trabalho, vencerem e voltarem para contar suas vitórias nesse abençoado Brasil que os acolheu com tanto amor e hospitalidade...


A vinda para o Brasil dos imigrantes que deixaram suas pátrias para recomeçarem do nada, as suas vidas em terras estranhas, muito me emocionam, pois meus bisavós maternos deixaram também o  seu país LÍBANO - BEIRUTE  na grande leva de 1913, dos árabes que chegaram ao Brasil...




*Pesquisa Google















 
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 27/08/2019
Reeditado em 27/08/2019
Código do texto: T6730475
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SanCardoso
São Paulo - São Paulo - Brasil
1888 textos (155039 leituras)
1 e-livros (309 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/19 07:43)
SanCardoso

Site do Escritor