Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÃO APENAS EMOÇÕES AS INTOLETANCIAS I

SÃO APENAS EMOÇÕES AS INTOLETANCIAS I

 
 
 
O doce do amor é o doce da flor que nunca deixa de prosperar em nossas vidas, pois sempre nos redirecionou para toda a natureza humana e emocional e para nossos desejos de amar e conquistar o mundo não importando quão próximos está de amigos que sempre existirão é a alma viva e pura dos mais desejados que nos façam sentir emocionalmente através de nossas memórias do passado como antes e o que sempre fizemos em nossos ideais que sempre nos enfatizando estes jovens que hoje em dia vêem a vida mais imprudentemente do que antes as pessoas se conheciam o outro e fez amigos reais sem qualquer indiferença que nos coloca nos desejos mais surreais dos grandes jovens que agora vêem a vida mais sombria e desonesta com os outros e não tente descobrir a razão para viver e ser feliz na vida com seus amigos e família apenas pedindo proteção ou a mão e aperto de mão de um amigo que ficaria frustrado se soubéssemos o seu estado emocional diferente de ter o status e sinceridade, moralidade e personalidade para nos dizer simplesmente, desculpe meu amigo por eu não se sentir tão apoiado pelos fragmentos da vida que sempre me levou ao fracasso e infelicidade Eu não aceito as realidades da vida e como elas são com os outros e não posso estar comigo porque eu acho isso tão estranho, transitório e desonesto que eu sempre tento evitar estranhos enquanto essas mesmas pessoas estão sempre procurando por ele Eu não sei porque, mas eu quero dizer que sinto algo em comum porque eles são completamente infelizes e sempre me tratam muito bem com o sorriso no rosto que logo sinto que não estou indo bem com a amarga tristeza da vida, mas só quero acreditar se eu fosse diferente daquelas pessoas que sempre querem me dizer algo em comum que me faz muito mais feliz na vida porque eu sinto que a esperança é a única coisa que morre e é inesquecível e Eu quero te dizer que hoje eu sou uma nova pessoa do presente que viveu no passado e criei coisas indiscriminadas a meu favor, logo vi que todas as diferenças não eram humanas porque era simplesmente o estado da minha vida através de um labirinto sem amigos e hoje estou mais feliz em entender que talvez eu estivesse infeliz e eu não sabia por que eu ignorei o amor que tinha sido no meu peito que as pessoas me chamou a atenção porque eu era um Bom rapaz e eu não queria amar ou sentir amor por alguém que sinceramente me pediu a sua amizade que eu saí do vazio e logo sinto outra pessoa para saber e entender que o doce do amor é o doce da flor que Foi toda a minha tolerância toda a minha vida que eu inevitavelmente imploro pelo amor da vida como é porque não importa o passado porque vai a qualquer lugar até onde eu sempre vim, vou tentar entender que a vida sempre quis feliz enquanto eu andava fazendo exercícios então eu aprendi e conquistei uma vida de amor e minhas intenções nunca serão mais intoleradas hoje em dia eu estou feliz de ter com você como uma flor doce em minha tolerância e apenas meu amor é reconhecido.
 
 
 
Por: Roberto Barros
ROBERTO BARROS XXI
Enviado por ROBERTO BARROS XXI em 19/08/2019
Código do texto: T6724412
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ROBERTO BARROS XXI
Olinda - Pernambuco - Brasil
540 textos (28577 leituras)
81 áudios (1875 audições)
35 e-livros (570 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 17:51)
ROBERTO BARROS XXI