Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ele sumiu (Ele se foi)

Era corriqueiro, quase certeiro encontrá-lo ali. Com seu palavreado característico, era agradável ouvir seus comentários sobre os acontecimentos quotidianos.
 Sua voz melodiosa, vez por outra, nos trazia uma canção andaluz extraída do âmago das suas origens. E eram canções de amor...
Estive aqui outras vezes e não o vi naquele lugar de costume. Onde era o seu recanto agora falta um movimento, um ruído; falta o seu violão, seu vozeirão, sua cantiga e suas palavras amigas... Que não sei se voltarão. Não sei o paradeiro daquele estimado guerreiro.
Ninguém sabe, ninguém viu. Mas todo mundo sentiu.

Cláudia Machado
Nota 1: Homenagem ao nosso colega Aragón Guerrero.
Escrevi esse texto, originalmente "Ele Sumiu", quando há mais de um mês, eu e outros colegas das letras, buscávamos informação sobre Aragón Guerrero. Após saber do seu repentino falecimento, achei melhor renomear para "Ele se Foi".
NOTA 2: Aqui nos comentários há um, do filho dele Fernando, contando o ocorrido.
Cláudia Machado
Enviado por Cláudia Machado em 25/06/2019
Reeditado em 29/06/2019
Código do texto: T6681617
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Machado
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
720 textos (19911 leituras)
59 áudios (2605 audições)
1 e-livros (21 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 23:36)
Cláudia Machado