Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU E MEUS SONHOS


Acordo de manhã e sinto uma imensa tristeza.
Ouço um rufar de tambores que me incomoda, o meu silêncio foi violentado, pressinto ele em pedaços. A minha alma boba se sente em grande agonia, numa espera sem fim por novos momentos de felicidade.
Uma saudade se acomoda em meu peito e dele não sai.
O meu coração, bastante triste e magoado, não deve suportar por muito tempo tamanha crueldade. O desperdício de energia é grande e provoca uma revolta interminável em mim.
Me magoa tanto essa falta de consideração e sensibilidade das pessoas, minha emoção fica difícil de ser controlada. Me sinto como uma flor ferida prestes a cair no chão.
Ouço promessas para me aquietarem, mas ficam no ar, os meus sonhos, tão nítidos, que me agradavam o coração, decididamente resolvem  ir embora, certamente para não mais voltarem.
Moacir Rodrigues
Enviado por Moacir Rodrigues em 10/12/2018
Código do texto: T6523343
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Moacir Rodrigues
Recife - Pernambuco - Brasil, 70 anos
1862 textos (35488 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/20 03:08)
Moacir Rodrigues