Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Distante...

Atravessei o passadiço que vai dar no cais. O sol ia se despedindo atrás das águas douradas, um convite para contemplar o céu e o mar. Sentei-me na beirada de concreto,  vendo as águas baterem nas pedras argamassadas. A brisa acariciava o meu rosto e a sensação de um beijo terno me fez sorrir. Ao longe eu via pequenas embarcações que pareciam estáticas. Mesmo sabendo que balançavam, pareciam imóveis. Certamente ancoradas, seus marujos se preparavam para passar a noite no mar.
 Mais adiante, um barquinho solitário se afastava...   Senti uma tristeza em vê-lo sumir intermitentemente nas ondas macias e brilhantes no horizonte. Não sei se voltaria, já que àquela distância, parecia frágil e incapaz.
Na divagação perdi a noção das horas e ao me levantar pude ver um véu estrelado como nunca havia visto. A lua nova possibilitou-me observar  um oceano profundo, cravejado de brilhantes,  tão lindo que cheguei a tontear. Um risco luminoso  cruzou o espaço e pareceu mergulhar nas águas escuras. Fiz um pedido... Queria ver aquele barquinho voltar!


Cláudia Machado
Enviado por Cláudia Machado em 21/09/2018
Reeditado em 23/09/2018
Código do texto: T6455793
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Machado
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
737 textos (21380 leituras)
59 áudios (2803 audições)
1 e-livros (22 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 00:27)
Cláudia Machado