Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciúme

Sentia as mãos quentes dela em suas costas que deslizavam suavemente até seus braços. Os beijos molhados e ternos eram como presentes em festa de aniversário. Seu rosto, mesmo na penumbra, era belo e sedutor. Sua voz um tanto rouca disse baixinho:  - Boa noite, amor!
Quis segurá-la como quem estivesse a perder seu único bem, quis afagar seus cabelos mais uma vez. Devolveu-lhe os beijos com vontade de tatuá-los em todo o seu corpo novamente, mas se conteve.
Um tempo que parecia longo demais os fariam imersos, cada um em seu mundo, e por fração de segundos desejou penetrar naquele silêncio que já a embalava... Quem estaria com ela nas próximas horas? Quais lugares visitaria sua mente naquele corpo adormecido? Em seus sonhos, buscaria a presença do marido? Repentinamente deu-se conta da loucura que o ciúme fazia brotar em seu coração. Ouviu seu fraco ressonar e sussurrou:
- Durma em paz, querida!


Miniconto
Cláudia Machado
Enviado por Cláudia Machado em 25/08/2018
Reeditado em 25/08/2018
Código do texto: T6429305
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Machado
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
773 textos (24229 leituras)
60 áudios (3037 audições)
1 e-livros (23 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 09:06)