Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A JARARACA E OS RATOS.

A jararaca tenta atrair os ratos que vão ao seu covil, uma cova larga e luxuosa, atraente e sedutora, mas viram que a jararaca estava fraca, e ficaram distantes e assim não conseguiu a jararaca senil dar o bote.

Se escondeu a jararaca, dando a impressão que alguém ou alguns insistentes caçadores já conhecidos acabaram de sumir com ela,  deram uma paulada na sua "cabeça" e a jogaram longe. E ela mesmo explicou, tem que bater na cabeça. Não pode bater no "rabo", a jararaca sabe, “tem que bater na cabeça”, o rabo está sempre preso a alguma coisa e por isso a jararaca sobrevive junto com seus filhotes engasgados com seus venenos que não a deixam viver em paz.
 
A jararaca sumiu, morreu,  estava velha,  foi defenestrada....só ela não tinha percebido que seu veneno tinha se acabado, uma espécie de óleo que findou.....fecharam a saída do poço.

Qualquer semelhança é mera coincidência.


Celso Panza
Enviado por Celso Panza em 10/08/2018
Código do texto: T6415281
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Celso Panza
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2384 textos (171064 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/18 12:07)
Celso Panza