Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
SUICÍDIO

     Eu perdi a vontade de viver.
Eu perdi a vontade de viver por que eu entendo que, meia vida não é vida... Ou se vive de maneira plena ou é melhor dá cabo da própria vida da maneira que melhor lhe convier.
     A minha vida inteira eu pautei por duas regras básica que eu respeitei para com todos que conviveram comigo de uma forma ou de outra: Verdade e honra. Mas tudo o que eu recebi em troca foram mentiras e deslealdade, ferindo a minha honra de maneira tal que, neste momento, não vejo razões para prosseguir nesta estrada maldita repleta de saltimbancos.
     Muitas vezes julgamos mal as pessoas que tiram suas vidas, mas nunca nos colocamos no lugar daquele que, não se enquandra de maneira alguma nesta sociedade suja que pode ser resumida em uma única palavra: corrupção. corrupção em todo os sentidos.
     Eu muito jovem ainda, no tempo em que todo o conhecimento vinha somente da leitura, por viver sob o código Bushido. Não vou perder meu tempo em explicar a dimensão do que é este código, quem desejar saber, que pesquise no "pai dos burros chamado Google".
     Somente deixo aqui, como manda o código mencionado as minhas últimas palavras, aquelas que resumem toda a minha vida, aquela narrativa que, por oito meses há vinte e seis anos atrás, deu sentido a minha vida e representou minha única fonte de alegria...
     " Eu te amei todas as manhãs
       Eu te amei todas as noites
       Eu sonhei com você a todo instante
       Eu fui infinitamente feliz com seu amor
       Eu levarei seu amor ao túmulo
       E lá descansarei em paz
       Eu te amarei para sempre Inácia"
     Agora, resta-me silenciar, soltar a caneta, pegar minhas últimas vestes, sentar-me como reza a tradição, segurar minha tanto com firmeza e rasgar meu ventre sem emitir um som...
     Cair em decúbito e dormir...
     
Gustavo Miranda
Enviado por Gustavo Miranda em 22/03/2017
Código do texto: T5949226
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Miranda
Recife - Pernambuco - Brasil
1047 textos (28820 leituras)
8 áudios (339 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/21 17:01)
Gustavo Miranda