Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PODER, BIOGRAFIA, EDUCAÇÃO, DEMOCRACIA

Isto aqui não pretende ser um elogio aos governos nem aos governantes brasileiros, pois há muito o que se fazer ainda. As melhorias, neste gigante, são gradativas e proporcionais. As lacunas são preenchidas vagarosamente. Este texto é um caldeirão dos meus pensamentos e vivências, e em tudo há conexão, até chegar ao tempo presente.
É costume se dizer que os governos, o poder, não querem que seus "filhos" se instruam, deseja que permaneçam ignorantes, para não ter acesso. nem conhecimento das suas ações ( do governo).
Lembro, quando criança, de que um dos ministros da ditadura, Mario Henrique Simonsen proibiu todas as importações, exceto perfumes franceses e whisky rs. Não sei se por devaneio ou se o intuito seria o de estimular a produção e o consumo nacional. Lembro dele na minha formatura do Ensino Fundamental. Um dos filhos dele estudou comigo em Brasília no Colégio La Salle e lá estava ele na mesa ao lado, apático. Parecia uma lua, muito branco e muito pálido, fumando um cigarro atrás do outro, envolto por uma cortina de fumaça e luzes brancas, com uma garrafa de Whisky sobre a mesa. Medidas que foram desfeitas, anos depois, por Fernando Collor "Nossos carros são verdadeiras carroças!" , " A Embrafilme só produz porcarias, nossos filmes são horríveis!"
Voltando aos governos que querem manter seus povos ignorantes, não é o caso dos nossos, se fosse assim, cortavam os sinais de Internet, cortavam os meios de comunicação, as pessoas não teriam acesso ao conhecimento contido na Internet. Não organizariam motins. Pessoas esforçadas procuram se instruir e se aperfeiçoar hoje , através de tutoriasi, de conteúdos.
Quanto à questão da educação no Brasil, principalmente no ensino público, é evidente que há problemas de infraestrutura, mas há falta de vontade do aluno ( não de todos), em aprender. A maioria não quer saber dos conteúdos, quer saber do diploma. Ele quer o celular de última geração, o último modelo de tênis da Nike. Cultura não interessa a eles. Cultura é coisa para idiotas e não serve para nada. E para outros, cultura é status. Procuram decorar máximas batidas, como papagaios, para jogar para os colegas num botequim ou no churrasco da laje. Há que haver uma mudança de mentalidade e esta mudança, só poderá ser feita através de bons exemplos, mostrados nos meios de comunicação de massa. Não se deve por tudo "nas costas" da escola e da educação, pois a escola reflete as mazelas e falhas estruturais da sociedade. Por isto, o desempenho tão fraco das escolas públicas, nas últimas avaliações feitas. Tenho colegas magníficos, grandes educadores.
Reclama-se de Dilma, de Lula, de pessoas que pegaram em armas e até mataram, foram presas, torturadas, mas graças a elas, estamos aqui nos expressando, expondo nossas opiniões, mesmo que sejam imbecís. Há alimento nas prateleiras dos mercados, não há recessão. Se as tais pessoas perderam-se pelo meio do caminho, pelo menos abriram nossos caminhos, os caminhos da DEMOCRACIA.
*****************************************************
Sou contista de textos surreais, terror e terrir, também produtora musical.
VICTORIAH
Enviado por VICTORIAH em 05/10/2016
Código do texto: T5782157
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
VICTORIAH
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
559 textos (64137 leituras)
203 áudios (13552 audições)
2 e-livros (173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 09:18)
VICTORIAH

Site do Escritor