Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crônica de Natal - Fake news

Boa noite meus 23 fieis leitores e demais 36 que de quando em vez vem aqui em minha árvore natalina literária atrás de crônicas de presente para vocês.

Então, condizente com o espírito do Natal, deixei para a semana que vem a terceira parte de "Pedro, o pescador (nazista assassino)", e venho hoje falar do Papai Noel & Cia. Mas o que o vermelho velho barbudo barrigudo tem a ver com o Natal, assim, às ganhas? De fato, nada. Natal é o nascimento de Cristo e não tem nenhum Noel no Novo Testamento, só os reis magos, os pastores e os bichos (e, dentre esses, nenhum peru ou chester - nem mesmo o "chester" romano estava lá na hora, "ave chester" - e nem esse "ave" tem a ver com a tal ave atualmente sacrificada e devorada na ceia de Natal) Também não havia pinheiro com bolinhas de vidro penduradas nele. Os presentes para a criança sim, os reis trouxeram. E a estrela que geralmente aparece nos pinheirinhos como "ponteira" estava lá, os mesmos reis se guiaram por ela.

E, se pensarmos bem, no NT não encontramos nada que diga que o nascimento ocorreu dia 25 de dezembro. É uma data convencionada para representar o nascimento do Senhor. De certo, mesmo, só a data da morte, na Páscoa. Já li texto conjecturando que, pelo relato contido no NT e levando-se em conta o clima daquela região do planeta, que a cena ali narrada deveria se dar em outro período, tipo abril, pela temperatura mais amena. Dezembro é um frio muito rigoroso por lá para as pessoas permanecerem a céu aberto, como narra o fato o NT.

Inclusive, hoje sabemos, que até o tal Ano Um do calendário, o ano do nascimento, está errado. Qualquer olhada no orácu\goog\lo confirma isso. Logo, podemos confirmar que o Natal é quase uma fake news religiosa. Todavia, o que importa é o sentido da coisa, comemorar a chegada Dele ao mundo para nos dar sua Palavra de amor ao próximo. E isso é fato e é de verdade, não é fake.

Continue comemorando em família esse Natal que já está em seus últimos minutos, pensando em qualquer ação em benefício do próximo durante todo o próximo ano. É o que estou fazendo agora. Tudo a ver com a Palavra Daquele que simbolicamente "nasceu" hoje, até porque Ele realmente veio ao mundo num ano e num mês aproximado do convencionado.

Um abraço a todos e até sexta-feira próxima.


-----


Era isso pessoal. Toda sexta, às 17h19min, estarei aqui no RL com uma nova crônica. Abraço a todos.


Mais textos em:
http://charkycity.blogspot.com

(Não sei porque eu ainda coloco o link desse blog, eu perdi a senha e não atualizo ele há séculos. Até eu descobrir o motivo pelo qual continuo divulgando esse link, vou mantê-lo. Na dúvida, não ultrapasse, né. Acho que continuarei seguindo o conselho que a Giustina deu num comentário em 23 de outubro de 2013: "23/10/2013 00:18 - Giustina
Oi, Antônio! Como hoje não é mais aquele hoje, acredito que não estejas mais chateado... rsrrs! Quanto ao teu blog, sugiro que continues a divulgá-lo, afinal, numa dessas tu lembras tua senha... Grande abraço".).
Antônio Bacamarte
Enviado por Antônio Bacamarte em 25/12/2018
Reeditado em 25/12/2018
Código do texto: T6535535
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Bacamarte
Groenlândia, 54 anos
420 textos (18477 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/19 23:55)
Antônio Bacamarte