Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

que dor tão dolorida

Que dor tão dolorida

Que dor tão dolorida
Que choro tão chorado
Que vida tão mal vivida
Que amor tão sufocado
Que mulher tão atrevida
Pra me deixar asfixiado

Que querer tão querido
Que beijo tão desejado
Que cheiro tão preferido
Que corpo bem desenhado
E essa mulher tem sido
Meu pedaço de pecado

Que amor tão rejeitado
Que mulher sem coração
Deixa-me tão desprezado
Pra viver na solidão
Andando de lado a lado
Nos braços da ilusão.

Diosmam Avelino- 20-09-2012
DIOSMAM AVELINO
Enviado por DIOSMAM AVELINO em 08/04/2020
Reeditado em 08/04/2020
Código do texto: T6910074
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
DIOSMAM AVELINO
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 42 anos
95 textos (3876 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 04:56)
DIOSMAM AVELINO