Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nostalgia e finitude

Nostalgia e finitude

Menina, pestinha, não ande só de calcinha;
Menina, molequinha, já está ficando mocinha!
Menina, vá logo banhar;
Menina, onde já se viu menininha não se perfumar?

Menino, endemoninhado, olha esse sereno!
Menino, danado, deixa brincar o seu irmão  pequeno;
Menino, passa logo, cá pra dentro;
Menino, amanhã tem que estar de pé cedo.

Molecagem desses moleques, jogaram bola no meu portão;
Saudades, eu não  tenho dessa parte não;
Saudades, eu tenho da infância, acabou então.
Dona Isabele
Enviado por Dona Isabele em 08/10/2019
Código do texto: T6764201
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dona Isabele
Picos - Piauí - Brasil, 18 anos
184 textos (7130 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/19 01:08)
Dona Isabele