Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em tudo se tem poesia

Em tudo se tem poesia

No silêncio da matina
Na correnteza do rio
Na brisa mansa do frio
Na estrela cristalina
Na esperteza da mina
Que perfeita contagia
Na tristeza na alegria
Na paz e também na dor
No fogo forte do amor
Em tudo se tem poesia

No brilho da inocência
No sorriso da criança
Num grito de esperança
Na saudade na ausência
Na nossa sobrevivência
Num verso de cantoria
Numa noite triste e fria
Na casa grande da fé
Nos quartos do cabaré
Em tudo se tem poesia.

Nas mãos do agricultor
Na foice roçando o mato
No feijão forrando o prato
Num jarro guardando flor
Na reza do rezador
Na casa velha vazia
Na solidão de Maria
Olhando pra santa cruz
Chorando a morte Jesus
Em tudo se tem poesia

Na fome exposta Na mesa
Na falta de irmandade
Na prisão da inverdade
Numa criança indefesa
Num gesto de gentileza
De quem tem sabedoria
Num pássaro que assobia
Na copa do juazeiro
Na boca do formigueiro
Em tudo se tem poesia

Nas notas duma canção
Num santo no oratório
No fogo do purgatório
Numa bonita oração
No raio, vento e trovão.
Na neve branca e macia
No doido que se desvia
Pra poder perambular
Entre terra céu e mar
Em tudo se tem poesia.

Diosmam Avelino- 20 /08/2018
DIOSMAM AVELINO
Enviado por DIOSMAM AVELINO em 05/10/2019
Código do texto: T6762097
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DIOSMAM AVELINO
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 41 anos
75 textos (2480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 04:51)
DIOSMAM AVELINO