Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde Foi Parar O Amor

Grito preso na garganta
Sonho, morto no coração
Onde chorar de alegria
É nada mais que ilusão
Só tendo vez a vaidade
Semeando falsidade
Destruindo um sonhador
Que não sabe qual o preço
Muito menos o endereço
De onde foi parar o amor

O mal que vem aumentando
E causando imensa dor
Vem roubando o bom da vida
Camuflando, o seu valor
O triste fim da bondade
Que apaga a felicidade
Com o silencio opressor
Carrasco sem emoção
Que não aponta direção
De onde foi parar o amor

Toda lágrima que cai
Num sorriso a se apagar
Escondendo o que acontece
Às vezes dentro do lar
Tirando de uma criança
A infância, e sua esperança
Acorrentando uma flor
Que sem poder dizer não
Pergunta em sua oração
Onde foi parar o amor?

O que alguém tem na cabeça
Pra invadir a intimidade
Tentando tirar a força
E contra sua vontade
Faltando-lhe com respeito
Roubando todo o direito
De preservar seu calor
Por isso que me pergunto
Qual o lugar desse mundo
Onde foi parar o amor?

Quem rouba a intimidade
Rouba o sentido da vida
Pois se morre um sonhador
Na hora nasce um suicida
Por favor, não seja assim
Porque a dor terá um fim
Então veja o sol se por
E a vida vai te encontrar
Se você sempre procurar
Onde foi parar o amor

Mesmo assim nunca desista
Não deixe de acreditar
A providência divina
Ela sempre vai chegar
Saiba que essa dor bandida
Não será por toda vida
Pois, Deus ouve seu clamor
Ele sara a dor do espinho
E mostrará o caminho
De onde foi parar o amor

Apenas quem carrega a cruz
Sabe o quanto é pesada
Nunca se deixe abater
Mesmo a vida sendo ingrata
Veja a dor como lição
Não endureça o coração
Guardando nele rancor
E assim você vai chegar
Naquele dito lugar
Onde foi parar o amor

Por isso, creia naquele
Que quis se sacrificar
No maior ato, de bondade
Que se possa imaginar
Fez isso por um motivo
Pra que você, ficasse vivo
Então seja, um vencedor
Com coragem pra vencer
Só assim para saber
Onde foi parar o amor

Muitos irão duvidar
De tudo que se passou
Isso não é importante
Pois você se superou
Não deixou de caminhar
E seguiu a batalhar
Não tendo nem um temor
Que usou sua disposição
E achou, a localização
De onde foi parar o amor

A vida tem poucas rosas
Pois tem muito mais espinhos
Várias ruas sem saída
Muito mais de mil caminhos
E mesmo com a maldade
Escolha fazer bondade
Não semeie sua dor
Mas plante no mundo paz
E em breve tu chegarás
No abraço quente do "Amor".
Ednaldo Rodrigues
Enviado por Ednaldo Rodrigues em 21/08/2019
Reeditado em 21/08/2019
Código do texto: T6725947
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ednaldo Rodrigues
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 28 anos
15 textos (312 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/19 19:35)
Ednaldo Rodrigues