Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem pisar no meu batente/Vai pagar caro demais

Não se arvore a fazer graça
No palco onde me apresento,
Senão eu mostro talento
E acabo com sua raça,
O meu verso lhe esbagaça
Em todos os festivais
Porque não tenho rivais,
O meu calibre é potente,
Quem pisar no meu batente
Vai pagar caro demais.
.
.
Minha inspiração metralha
Poeta fraco na rima,
Eu mando verso pra cima
Daquele que se atrapalha
No meio duma batalha
Quando vê meus arsenais,
E a marca dos generais
Tenho na minha patente,
Quem pisar no meu batente
Vai pagar caro demais.

Glosas: Jerson Brito
Mote: Silvano Lyra

Até parece...rsrs
Jerson Brito
Enviado por Jerson Brito em 28/07/2019
Código do texto: T6706619
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jerson Brito
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 46 anos
1694 textos (179596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 07:59)
Jerson Brito