Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem pisar no meu batente/Vai pagar caro demais

Não se arvore a fazer graça
No palco onde me apresento,
Senão eu mostro talento
E acabo com sua raça,
O meu verso lhe esbagaça
Em todos os festivais
Porque não tenho rivais,
O meu calibre é potente,
Quem pisar no meu batente
Vai pagar caro demais.
.
.
Minha inspiração metralha
Poeta fraco na rima,
Eu mando verso pra cima
Daquele que se atrapalha
No meio duma batalha
Quando vê meus arsenais,
E a marca dos generais
Tenho na minha patente,
Quem pisar no meu batente
Vai pagar caro demais.

Glosas: Jerson Brito
Mote: Silvano Lyra

Até parece...rsrs
Jerson Brito
Enviado por Jerson Brito em 28/07/2019
Código do texto: T6706619
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Jerson Brito
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 47 anos
1769 textos (197457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 10:11)
Jerson Brito