Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORDEL – Mote – Bem pior se não houvesse – Pé de barriga ventado - 01.11.2018 (PRL)
 
 
CORDEL - Mote

Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado

 
 
(01)
Fico pensando seu moço
Como seria difícil
Caindo dentro do poço
Pra sair que sacrifício
Problema assim aparece
Como fato consumado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(02)
Há quem não goste da ideia
Fica fazendo de conta
Abelha em sua colmeia
Porque fora fica tonta
E de pequena não cresce
Tem de viver no condado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(03)
No corpo duma mulher
É tudo bem arranjado
Da cabeça até seu pé
Ficou tudo delicado
Ruim se não contivesse
Aquele lindo bordado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(04)
Um rosto bem abaulado
Livre de qualquer defeito
Deixa o cara atarantado
Detona qualquer sujeito
Se no caso alguém quisesse
Morrer de vez abraçado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(05)
O pescoço nem se fala
Arrepia em sensação
Pois um cheiro no cogote
Estimula o coração
Cada mamilo enrijece
Pra frente fica apontado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(06)
Mas aquele umbigo lindo
Que é ponto de parada
No caminho vai servindo
Deixando a dama agitada
E se Deus não mantivesse
Esse ponto delicado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(07)
E vai chegando o montinho
Parecendo o Corcovado
A merecer o carinho
Do povo pra todo lado
Quando vejo caio em prece
Trabalho qualificado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(08)
Num formato especial
Defeito algum se constata
Um presente de Natal
Merecendo uma regata
Difícil que alguém fizesse
Serviço tão acabado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(09)
É assim como triângulo
Com um lado diferente
E não pode ser retângulo
Mas muito belo de frente
E quando alguém supusesse
Copiar esse babado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(10)
Os lábios são gostosura
No seu devido lugar
Completando a formosura
Do clitóris a sugar
Tão legal que ela viesse
Conceder-me tal pecado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(11)
No bumbum uma lindura
Por todos apreciada
Cada qual sua postura
Nessa área abençoada
Se chorar alguém quisesse
No local desesperado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(12)
Quanto toco nesse assunto
Então logo me proponho
Muito melhor que presunto
Até parece que sonho
Mas se mulher dispusesse
Aqui falo com cuidado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(13)
A sensação que elas sentem
No lado interno das coxas
É fato que nunca mentem
Só não sabe quem é trouxa
E se a garota estivesse
Em dia não feriado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
(14)
Deixo aqui a sugestão
Mas sem qualquer compromisso
Não tocar uma de mão
Por conta de algum feitiço
Também fique sem estresse
Não seja desesperado
Bem pior se não houvesse
Pé de barriga ventado
 
Isso não termina nunca...

 
 
Silva Gusmão
 
Foto: INTERNET/GOOGLE
 
ansilgus
Enviado por ansilgus em 05/11/2018
Reeditado em 07/11/2018
Código do texto: T6495030
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1655 textos (334170 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 06:34)
ansilgus