Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANÇÃO DE METATRON

(Tentativa de cordel...)

Meus amigos eu vou dizer
quem quiser saber agora
que a hora mais escura
é quando vem rompendo a aurora
Estão matando as crianças
de fome e de cheirar cola
e os homens do poder
só espiam e nem dão bola

Mas um dia vão chorar
quando verem o batalhão
de meninos e meninas
todos de rifle na mão
espingarda e baioneta
foice, rastelo e facão
lhe arrancar sem piedade
as tripas e o coração.

E não adianta chorar
pois eles irão dizer:
vocês fizeram isso conosco
não temos nada a perder.
Morrer de fome ou na guerra,
faz alguma diferença?
Se não faz nos dê licença,
primeiro morrem vocês!

Não adianta pedir
para termos compaixão
por que a fome de tudo
secou nosso coração.
sua hora é chegada
fera ruim, amaldiçoada,
vergonha da humanidade,
peste que suja a Nação!

Seu coração é a sede
da sua maldade infame
que condenou seu irmão
a viver passando fome
de comida, de saúde
de moradia e justiça
por causa dessa cobiça
sem fronteira e sem nome!

Vocês desonram a Deus
quando judiam dos outros
querendo que seus iguais
vão habitar no esgoto
vocês são vida mesquinha
que não merece viver
são como erva daninha
que a Deus só dá desgosto!

Já diz um velho ditado
“quem não vive pra servir
não serve para viver”
foi isso que aprendi
todo dia observando
você viver massacrando
com sua mentira imunda
quem só quer é ser feliz!

E ainda fala num livro
que ensina a ser irmão
que manda se perdoar
toda vil ingratidão
mas você só aprendeu
ensinar isso pros outros
e aprendeu foi de fato
a roubar o nosso pão!

Por isso deve morrer,
ser queimado na fogueira
para deixar essa terra
muito limpa, sã, inteira...
sem sua ganância imunda
que por onde passa inunda
a alma dos inocentes
com emoção traiçoeira!”

Se já sabe o que é matar
de fome, vai aprender
sua mais nova lição
Vamos agora lhe ensinar
foi isso que vim fazer:
Arrancar seu coração,
pra fazer a refeição
de quem precisa comer!
Adda nari Sussuarana
Enviado por Adda nari Sussuarana em 22/09/2018
Reeditado em 14/02/2020
Código do texto: T6455841
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Adda nari Sussuarana
Maceió - Alagoas - Brasil, 67 anos
366 textos (9692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 04:29)
Adda nari Sussuarana

Site do Escritor