Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Namorador do sertão

Chico era conhecido
Como namorador do sertão
Não aguentava ver um rabo de saia
Se metia em confusão

O rapaz era galante
E muito paquerador
Espiava as moças solteiras
Era tirado a doutor

Mas o que ele não sabia
Que lá tinha um coronel
Desconfiado que só a peste
Mandava qualquer um pro céu

Não se meta com minha fia
Repetia o coronel
Pois aqui moça solteira
Tem que casar e usar anel

Chico mesmo sabendo
Da invocação do Coronel
Se encantou com Marizinha
Nem ligou pro coronel

O coronel descobriu
Que Chico paquerador
Cortejava Maraizinha
Agora ele se campou

Tu vai casar com minha filha
Ou não me chamo Coronel Sebastiao
Você fique logo sabendo
Sou descendente de Lampião

Tu casar nem que seja na marra
Se não casar vivo não fica não
Chico sapecou dois zois
Tremeu que nem bambuzal

Eu caso com Mariazinha
O senhor não se avexe não
Pois, não quero partiu desse mundo.
Sem deixar uma cria não

É assim acabou os tempos
De galante do sertão
Mexeu com as filhas dos outros
Ou casa ou encomenda o caixão
Elisete Soares Moreira
Enviado por Elisete Soares Moreira em 14/09/2018
Código do texto: T6448285
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elisete Soares Moreira
Salvador - Bahia - Brasil
172 textos (11193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/18 02:31)
Elisete Soares Moreira