Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANTAR DE POETA

Todo chão é montanha pisada,
toda água é nuvem caída
toda areia é pedra moída
todo fogo é coisa queimada.
Tudo que vive, torna-se nada.
E o não tem como poder evitar
se é sólido, desmancha no ar
e nesse ciclo segue-se a vida
a porta de entrada e a de saída
ambas estão no mesmo lugar.

Por isso o poeta
que canta beleza
também a tristeza
por dentro lhe afeta.
E nada lhe aquieta
porque tudo é doído
ou é sem sentido
ou sentido demais
e o poeta só faz
quando já foi perdido.
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 23/05/2018
Código do texto: T6344960
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
470 textos (13473 leituras)
3 áudios (305 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/08/20 16:29)
Tiago da Silva