Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cordel da cobra Verde.....

Seu olhar de cobra verde,
me conquistou por inteiro,
mas meu coração  matreiro,
percebeu que neste eu quero,
você não era nada sincero...
Fingi cair na sua tocaia,
subi a barra da saia,
mostrei até meu joelho,
e na boca baton vermelho.
Você chegou todo prosa,
foi gentil e cavalheiro,
tal qual o boto cor de rosa.
Brinquei então de amor,
bem bandido e desvairado,
aquele amor ensaiado,
mas tudo com muito cuidado.
Deixei você ser posseiro,
mas não me  dei de corpo inteiro.
E quando naquele belo dia,
você deu uma de passarinho,
me ofereceu doces cantadas,
e uma casa de João de Barro,
para me guardar no seu ninho,
abri minhas asas e por capricho,
fechei você dentro dela,
e joguei os dois no lixo.
Seu olhar de cobra Verde,
não conseguiu me conquistar,
você não matou a minha sede,
E eu não cai na sua rede.
Pois sou flor de girassol,
eu só olho para o sol........








April
Enviado por April em 27/04/2018
Código do texto: T6320323
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
April
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 69 anos
2228 textos (27895 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 12:56)
April