Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Misteriosa Mulher

Misteriosa Mulher

Moça bonita e dengosa,
Como uma flor a desabrochar.
Lá vai ela toda bela,
Toda noite trabalhar.

Mulher atraente faceira,
Sútil como perfume da flor.
Caminha com passos lentos,
Aos braços de algum sonhador.

A sua própria existência,
Ela mesma  não sabe explicar.
Andar de braços em braços,
Sem desejo para amar.

Tão bela tão discreta,
Durante o dia uma donzela.
A noite tão misteriosa,
Vira mulher de mazela.

Das entranhas do amor,
Ela tira seu sustento.
Não se ilude por ninguém,
Faz amor com fingimento.

Amor não só sensualidade,
A troca de alguns vinténs.
Volta pra casa altas horas,
Não há paixão por ninguém.

Alguém até pede que fique,
Mas esta é sua profissão.
Mulher de muitos homens,
Sua sina é desilusão.

Tem um olhar que nos assusta,
Na alma que é solidão.
Resumindo sua vida,
Faz doer no coração.

Alvorada já nascendo o dia,
Vem brincando com a sedução.
Com um sorriso ela desafia,
Misteriosamente, vive de ilusão.

Não pense que é vida fácil,
Este seu mundo de viver.
É um eterno sofrer de saudade,
Por não ter  um bem querer.

Zabele Rosa.
13/07/2016
ZABELE ROSA
Enviado por ZABELE ROSA em 26/10/2017
Reeditado em 20/07/2018
Código do texto: T6154034
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZABELE ROSA
Jundiaí - São Paulo - Brasil
237 textos (2305 leituras)
3 áudios (31 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 17:56)
ZABELE ROSA