Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Misteriosa Mulher

Misteriosa Mulher

Moça bonita e dengosa,
Como uma flor a desabrochar.
Lá vai ela toda bela,
Toda noite trabalhar.

Mulher atraente faceira,
Sútil como perfume da flor.
Caminha com passos lentos,
Aos braços de algum sonhador.

A sua própria existência,
Ela mesma  não sabe explicar.
Andar de braços em braços,
Sem desejo para amar.

Tão bela tão discreta,
Durante o dia uma donzela.
A noite tão misteriosa,
Vira mulher de mazela.

Das entranhas do amor,
Ela tira seu sustento.
Não se ilude por ninguém,
Faz amor com fingimento.

Amor não só sensualidade,
A troca de alguns vinténs.
Volta pra casa altas horas,
Não há paixão por ninguém.

Alguém até pede que fique,
Mas esta é sua profissão.
Mulher de muitos homens,
Sua sina é desilusão.

Tem um olhar que nos assusta,
Na alma que é solidão.
Resumindo sua vida,
Faz doer no coração.

Alvorada já nascendo o dia,
Vem brincando com a sedução.
Com um sorriso ela desafia,
Misteriosamente, vive de ilusão.

Não pense que é vida fácil,
Este seu mundo de viver.
É um eterno sofrer de saudade,
Por não ter  um bem querer.

Zabele Rosa.
13/07/2016
ZABELE ROSA
Enviado por ZABELE ROSA em 26/10/2017
Reeditado em 20/07/2018
Código do texto: T6154034
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
ZABELE ROSA
Jundiaí - São Paulo - Brasil
237 textos (2378 leituras)
3 áudios (31 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/07/20 00:42)
ZABELE ROSA