Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PANTIM NO SENADO

O Senado Nacional
Foi palco de um motim
Quando algumas senadoras,
No comando Graziotin,
Tomaram a presidência
E deram o seu pantim.

No grupo de senadoras
Estavam a Feia e a Amante,
Com costumeira baderna
Pra reforma não ir adiante
Pois acabava a mamata
De um grupo de meliante.

Num ato de intolerância
E de falta de respeito
Dos demais parlamentares
Foram tirados os direitos
De fazerem seus trabalhos,
Mesmo que sejam suspeitos.

As tais senadoras sempre
Agem de forma truculenta
E das agressões verbais
Fazem a sua ferramenta,
Cospem, chutam, dão coice
Aquele bando de jumenta.

Mas ali faltou um macho
Para tirar as nojentas,
Que se acham poderosas,
Mas a ninguém representa,
Era na comida pôr
Rato, barata e pimenta.

O medo seria grande:
A Feia ficava horrorosa;
A Amante muito histérica
Correria em palvorosa.
Agora nas senadoras
É meter a rebordosa.

Dar advertência severa
Até mesmo cassação.
Também não seria demais
A Amante ir pra prisão,
Acusada de integrar
O famoso Petrolão.

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO
FORTALEZA, JULHO/2017
Henrique César
Enviado por Henrique César em 13/07/2017
Código do texto: T6053134
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Henrique César
Fortaleza - Ceará - Brasil, 67 anos
673 textos (212499 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 06:26)
Henrique César