Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liberdade(cordel)

Amor, vou saindo,
bem de fininho,
para me ajeitar,
em outro ninho.
Sou aquele passarinho,
vou voando de mansinho.
Não sei viver acorrentado,
o seu amor é um cadeado,
e desta prisão estou cansado.
Nem tenho mais mentira,
para acalmar sua ira,
preciso de liberdade,
para viver de verdade.
Por favor, nem sinta ,
aquela minha saudade,
me deixe amor acontecer,
nem derrame a tal lágrima,
pois vou viver e não morrer.
April
Enviado por April em 18/05/2017
Código do texto: T6002287
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
April
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 69 anos
2228 textos (27895 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 12:43)
April