Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cabra da peste


Joga-se a semente
Na terra fértil cresce
Fortifica-se.
Cria raiz, se expande no chão.
Da-lhe sustentação.
E começa cresce.
Rompe as barreiras
Torna-se a mais linda árvore fruteira.
Alimentam os pássaros, pessoas, animais.
De longe e de perto.
No céu vê este pequeno gesto.
Um ciclo nobre
A semente que antes era pobre
Hoje se torna fruto nobre
De uma terra fértil
De um lugar vindouro
Puro ouro
Do chão que se planta
Crescem as esperanças
Renovam-se as estações
Novas plantações
Novos frutos
Novos sonhos
De um sertanejo
Que olha para céu
Rogando por chuva
Pedido por clemência
Ao divino que lhe de providencia
Que esta árvore não mora
Que este chão não se seque
Que o gado nunca mais perece
Neste chão do agreste
Só consegue permanecer
Que for um bom cabra da peste!
Sandro Sansão
Enviado por Sandro Sansão em 01/06/2012
Código do texto: T3699938
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sandro Sansão
Miracatu - São Paulo - Brasil
893 textos (36798 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 05:37)
Sandro Sansão