Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEDICINA

MEDICINA

Alopatia ou fitoterapia?
Cada uma, seu valor!
Antigamente, curandeiro,
Hoje, um formado Doutor.
Nossa rica medicina,
A descoberta da penicilina,
Osvaldo cruz, sim senhor...

A antiga rezadeira,
Com ervas de todo o jeito,
Curava, de espinhela caída,
Até catarro no peito.
Pro pulmão, tinha o saião,
Pra gripe, capim limão,
Pra muitos, era perfeito.

A mulher tinha o bebê,
Nas mãos de uma parteira,
A sorte estava lançada,
Na cama ou na esteira.
Se normal fosse o parto,
O choro ecoava no quarto,
Era festa a noite inteira.

Se desse complicação,
Era óbito na certa,
Salvava-se uma ou outra,
Se a parteira fosse esperta.
Nessa dura realidade,
Tempos de dificuldades,
Mas avanços e descobertas.

Há quem diga que pra saúde,
Só bastam as plantinhas do mato,
Mas o perigo é constante,
Realidade de fato.
Nossa fitoterapia,
Não é simples alquimia,
Pode não sair barato...

Remédio é coisa séria,
Tem que haver disciplina,
Não é coisa que se aprende,
Ali, em qualquer esquina,
Sabedoria popular,
O teste pode provar,
Se é benéfica a toxina.

Pesquisas de laboratório,
Revela o princípio ativo,
Qual a dose correta,
Registradas em arquivos.
Se química ou natural,
Deveras fundamental,
A cura dos seres vivos.




Carlos Mambucaba
Enviado por Carlos Mambucaba em 20/09/2010
Reeditado em 08/11/2010
Código do texto: T2509553
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Carlos Mambucaba
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
516 textos (43264 leituras)
85 áudios (7710 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 05:52)
Carlos Mambucaba