Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÉRIE VENTOS NA MITOLOGIA - ZÉFIRO - VENTO OESTE...

Zéfiro, vento oeste - ameno e suave como a brisa...

Zéfiro, irmão de Bóreas, moraria também na Trácia. Contrariamente ao irmão, que usara a violência para raptar a esposa, Zéfiro ter-se-ia tornado delicado e suave por amor. Antes de se apaixonar por Clóris (Flora), Zéfiro seria um vento tempestuoso, passando depois a soprar com suavidade para não danificar as flores. Transformou-se assim no vento dos namorados: levou Afrodite ao palácio de Eros, e despertou Afrodite (Vénus) logo após o seu nascimento, conduzindo-a delicadamente até Chipre. Enquanto vento do Ocidente, Zéfiro amenizava o clima grego, vivificando a natureza. Era o mais cantado pelos poetas gregos e romanos, que o descreviam com uma fisionomia serena e terna, sendo freqüentemente representado com asas de borboleta e coroas de flores coloridas nas mãos.

                                        

Texto pesquisado na web.
SanCardoso
Enviado por SanCardoso em 30/10/2010
Reeditado em 30/10/2010
Código do texto: T2587149
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
SanCardoso
São Paulo - São Paulo - Brasil
1941 textos (164695 leituras)
1 e-livros (336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/08/20 16:54)
SanCardoso

Site do Escritor