Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                              INOCÊNCIA HUMANA

Vale a pena comentar a realidade dos fatos nacionais, levados ao ar pelas redes sociais, via Internet e noticiários televisionados pelas emissoras das TV (s) abertas.
Inédito a garota Deborah com o senhorzinho Zezinho, ambos de um interior cearense.
A garotinha de 9 anos de idade, ainda na plena escolaridade, básica fundamental, tendo uma comunicação direta e sadia, pela amizade com um senhor de apelido Zezinho. Ele, já decorridos mais de 40 anos na profissão, de  sorveteiro,  popularmente conhecido naquela cidade interiorana do estado do Ceará.
Um dos locais que cumpria o seu elogiável profissionalismo e até os dias atuais, um estabelecimento público, de uma conceituada escola.
Pelos anos afincos, o sorveteiro e cordialidade da direção da escola, vendia os seus picolés, no próprio interior daquela entidade de ensino, em virtude da grande amizade afetiva que tinha com todos os alunos e demais funcionários.
A menina Deborah se destacava pouco mais, da amizade com o bondoso e dedicado sorveteiro Zezinho. Numa das constantes conversas, o profissional revelou à garotinha que "não sabia ler e escrever", era ainda um analfabeto, portanto aos seus 68 anos de idade.
Tão logo Deborah na sua ínfima idade, se propôs ensinar o sorveteiro a ler e escrever!
Assim iniciou a mini professorinha ensinando o senhor Zezinho, dando suas aulas após o horário regulamentar dos expedientes diários.
Hoje o aluno com idade já pouco avançada, já sabe "ler e escrever", quando antes nem mesmo conseguia, escrever o seu próprio nome.
A menina Deborah, deu continuidade neste procedimento, como professorinha particular do respeitado senhor, que tem um enorme apego e amizade com a garotinha.
É um exemplo grande  para ser analisado e comentado como uma pura "inocência humana"!
Este gesto da menina, foi fotografado ao vivo por populares e levado às redes sociais, de onde foi descoberto e muito divulgado.
Passou a ter uma enorme repercussão, tanto quanto, os familiriares da mini professora.
Uma matéria histórica e inédita, quando os valores humanos e cristãos do cotidiano, pouco se apura na atualidade, mesmo reconhecendo o sofrimento do povo brasileiro.
É um momento para conscientizar, que o número estatístico de analfabetos brasilleiros tem sido ainda avaçalador! Um ponto de partida para um exato momento de mobilização consciente, um despertar que sem educação, nunca um povo poderá construir uma cultura, aprendizagem e a sua própria história. É um objetivo geral educacional, mudar hábitos, atititudes e comportamento de uma nação!
Já se registram em nosso país muitos indivíduos sendo alfabetizados nas praças públicas... por leigos e esforçados cidadãos que vêm ministrando suas aulas.
Diante de estórias formando histórias está o grande exemplo da garotinha Deborah, junto do sorveteiro Zezinho, é de um enorme registro positivo, pela divulgação  de uma INOCÊNCIA HUMANA!

(Passarela de Contos Roangas)

                                          
1389574.jpg



























   
roangas
Enviado por roangas em 11/10/2019
Reeditado em 12/10/2019
Código do texto: T6766760
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
roangas
Porto Ferreira - São Paulo - Brasil, 71 anos
283 textos (69058 leituras)
35 áudios (5893 audições)
8 e-livros (1170 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/11/19 05:53)
roangas

Site do Escritor