Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Santa Aninha ou Dona Aninha?


     Existe uma simpática senhorinha que constantemente tem chamado a atenção dos frequentadores de uma igreja, que fica localizada bem próxima a entrada de uma comunidade muito conhecida na Cidade Maravilhosa. E isso se deve ao fato dela, sempre logo após as missas dominicais, ter o costume de sair apressadamente para levar uma enorme cesta da pães e biscoitos, além de várias garrafas térmicas de café com leite,  até um campinho bem próximo dali, onde uma turma de jovens costuma se reunir naquelas manhãs para jogar futebol.
     O nome dela é Ana; mais conhecida como  Tia Aninha, sendo a mais antiga catequista de lá. só que naquela comunidade próxima, ela é carinhosamente chamada de ' Santa Aninha'.
     Ela sempre chega ao volante do seu 'caidinho, um fusquinha 62, que ela sempre deixa estacionado em um mesmo local; em frente a barraca de peixe do Moisés, um seu velho conhecido.
     Ela costuma dizer que aquela é sempre uma ótima oportunidade para evangelizar aqueles jovens que ali se reúnem para jogar bola naquelas manhãs. E o sucesso da sua evangelização pode ser visto na quantidade de jovens que começaram a participar da sua igreja depois desse seu trabalho junto a eles.
    Mas eis que um dia algo inusitado para ela aconteceu; roubaram duas rodas do seu fusquinha...
    Ela ficou uma 'arara' quando viu o seu 'caidinho' sem as duas rodas dianteiras, sobre paralelepípedos. Nunca jamais alguém que a conhecesse, poderia um dia imaginar que daquela sua boca tão santa, pudesse sair toda aquela enxurrada dos mais cabeludos palavrões...
     Logo uma pequena multidão se formou em torno dela para saber qual a razão daquele tumulto todo. A grande maioria parecia não querer acreditar que era a Santa Aninha que estava desfilando para quem quisesse ouvir, aquele rosário de tudo o que era palavrão. E ela estava simplesmente 'pau da vida' era justamente com o Moisés, pois achava que ele por ser um velho amigo seu, tinha a obrigação de zelar pelo seu fusquinha, o que não fez, já que nem sequer estava naquele momento na sua barraca...
     E foi durante aquele verdadeiro show de palavrões que, todo sorridente e parecendo não saber ainda o que tinha acontecido, que desceu de um velho chevette o Moisés... E quando ela, assim que o viu saiu furiosa em sua direção, certamente para descarregar sobre ele alguns palavrões, eis que atrás dele desce, também sorridente; o Padre José... Ela leva um susto e fica paralisada, sem ação.
    Os dois dela se aproximam e, envolvendo-a com um duplo e forte abraço, cantam: "-Parabéns prá você, nesta data querida...".
    Resumo da história: O Moisés descobriu que naquele domingo era o aniversario dela  e por isso resolveu lhe fazer uma surpresa; fez uma 'vaquinha' entre seus amigos e alguns daqueles jovens do futebol, conseguindo arrecadar uma grana suficiente para comprar os quatro pneus novos para o  fusquinha dela. Só que ela apareceu bem antes do serviço ter sido feito. E deu no que deu...
     Mas depois de tudo esclarecido teve até uma festinha-surpresa, que por sinal foi muito boa. Só uma coisa mudou depois daquele verdadeiro show que ela deu naquele inesquecível domingo; Santa Aninha já não existe mais, agora é só 'Dona Aninha'...

   
ERCalabar
Enviado por ERCalabar em 12/06/2019
Código do texto: T6671617
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERCalabar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
360 textos (7835 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 10:36)