Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liam Neeson,Nicolas Cage,frases clichês de filmes de ação e muita pipoca

Os roteiristas de Hollywood ganham bem e tem poder de barganha junto aos estúdios__é só lembrar o que aconteceu na última greve da categoria,quando as filmagens de várias séries e filmes ficaram paralisadas.

Apesar disso,muitos deles ainda  teimam em usar aquelas frases manjadas que todos já conhecem.

Mas se o protagonista é interpretado por um ator carismático,muitas vezes o público nem percebe que está vendo mais do mesmo.

Liam Neeson é craque nesse tipo de filme:o indivíduo é envolvido numa situação perigosa__contra a sua vontade,quase sempre__E consegue sair da enrascada ao usar habilidades especiais,adquiridas em uma vida pregressa,que vai sendo revelada ao espectador no decorrer do filme.

A série "Busca implacável" é um exemplo disso:Nos três episódios da franquia,por várias vezes o protagonista está acuado e aparentemente não tem saída.É quando alguém lhe pergunta:"O que você vai fazer agora?E o herói,com um olhar determinado,responde:"O que eu sei fazer de melhor!"Invariavelmente,o que ele sabe fazer de melhor é matar e trucidar gente,mas como tudo é de mentirinha,jogamos um pouco mais de adrenalina no sangue sem precisar caçar um mamute ou lutar contra um tigre dentes de sabre.A pipoca,salgada e caríssima,e o refrigerante hipercalórico são os reais perigos,para a saúde e o bolso.

Outro diálogo muito usado é aquele que ocorre entre o herói e algum aliado que está correndo perigo.O ameaçado,relutante em aceitar a proteção,pergunta:"Por que eu devo ir com você?De novo vemos o olhar determinado do herói e logo em seguida a sua resposta:"Por que eu sou a sua melhor chance de continuar vivo!

Daniel craig,nitidamente constrangido,interpreta esta frase em Spectre,último longa da franquia James Bond.

O arsenal de clichês ainda comporta outras preciosidades:

"Isso tudo termina hoje!!"Quando o herói está farto daquela situação__e talvez o ator do roteiro__E vai passar o rodo,detonar geral!

"Desde o começo,foi tudo apenas entre nós!!"Não;não é um diálogo entre um brasileiro de direita e outro de esquerda,mas uma fala que inicia o embate final da trama,seguida de muita porrada,tiros e explosões.

"Ela/Ele é o melhor que o dinheiro pode comprar!"Esta já apareceu com mais frequência,e de vez em quando sai do limbo para coroar diálogos em séries e filmes de menor expressão.

Existem alguns séries que tentam sair do lugar comum:Game of Thrones,Madmen,Breaking bad,Monk,The big bang theory...Mas é quase impossível hoje em dia ser totalmente original.

Certos filmes também conseguem uma razoável parcela de originalidade:"Contra o tempo",com Jake Gyllenhaal,"Feitiço do tempo",com Bill Murray e Andie Macdowell,"Fogo contra Fogo",da dupla Pacino e De Niro,"Tratamento de choque" com Adam Sandler e Jack Nicholson,"O quatrilho",com Glória Pires,"Los Angeles,cidade proibida",com Kim Bassinger e Russell Crowe,"O pacto dos lobos",com Monica Bellucci e Mark Dacascos,"Tudo o que você sempre quis saber sobre sexo",de Woody Allen,"Cidade de Deus",de Ferrnando Meirelles,"A mulher invisível",com Selton Mello e Luana Piovani,"A máfia no divã",com De Niro e Billy Crystal,"Os picaretas",com Eddie Murphy e Steve Martin,"Um peixe chamado Vanda",com jamie Lee Curtis e john Cleese,"Ela",com Joaquin Phoenix e Scariett Johansson,...A lista é grande e varia muito conforme o gosto de cada um.Não julguem o meu,leitores amigos.Além disso,lembro aos mais jovens,que poderão achar minha seleção antiga:dentro de pouco tempo,acreditem,existirão outros que acharão as suas listas antigas.Anotem esse recado nos seus cadernin...Ou melhor,nos seus smartphones.

No início do texto citei Liam Neeson.Agora falarei sobre Nicolas Cage,  ganhador do oscar pelo filme "Despedida em Las Vegas" e que depois virou herói de filmes de ação dos anos noventa,dentre os quais destaco "A rocha" e "Conair".Após esta fase,no entanto,alternou bons filmes,como "Adaptação","Os vigaristas","O sol de cada manhã","Vício frenético","O pacto","O vidente",com verdadeiras bombas que não mereciam passar nem na sessão da tarde em um dia chuvoso.Ou ele tem um péssimo agente,ou um péssimo gosto para escolher roteiros.Ou os dois.


A certa altura do filme "Adaptação",um roteirista diz que,para fazer sucesso,um roteiro não precisa ser necessariamente bom,mas tem que obrigatoriamente surpreender o espectador.Concordo.


Mas o que me surpreende realmente é a curiosidade do ser humano por histórias,sejam elas encenadas num teatro,projetadas numa tela de cinema ou simplesmente narradas por alguém,à noite,em volta de  uma fogueira.
arqueiro
Enviado por arqueiro em 05/05/2019
Reeditado em 15/05/2019
Código do texto: T6639654
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
arqueiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
177 textos (47567 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 13:25)
arqueiro