Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Mulher

A Mulher

Enxergava pouco, a luz estava em meia-fase, ouvia ruivos ao longe e mal sentia o chão onde pisava. Onde estaria? Era minha casa, eu estava sozinha e tinha me levantado de súbito da cama e tinha ido até a cozinha. Onde estariam todos?
Algo me chamou a atenção puxando meu olhar para cima, havia uma abertura no forro, não me lembrava da existência dessa abertura... Foi então que ouvi passos. Ouvi vozes e um choro infantil. Vinham do forro.
Vi um vulto se aproximando da abertura e corri até a porta da cozinha, fiquei olhando estaticamente até que uma sombra começou a descer pela parede, chegando ao chão e que tomou a forma de uma mulher.
Quem era ela e o que fazia ali? Minha voz não saia para que eu pudesse perguntar, minha visão já estava embaçada por não conseguir piscar.
A mulher começou a revirar os armários e  a pegar tudo o que podia de comidas, passou para o fogão onde estavam as panelas com as sobras do jantar... De repente, ela me viu e num salto brusco subiu de volta à escuridão do forro.
Foi então que tudo girou e me senti de volta à cama, mas com o corpo parecendo ter um peão por dentro. Abri os olhos, meu marido dormia ao meu lado. Levantei, ainda receosa, fazia muito frio nesta semana de inverno, fui ao outro quarto e minha filha também dormia. Cheguei à cozinha, vi pela janela que estava amanhecendo; foi quando notei que os armários tinham algumas de suas portas abertas e das panelas exalava um cheiro azedo pelas aberturas de suas tampas. Olhei para cima, o forro estava intacto, fechei as portas dos armários e notei uma espécie de fuligem em seus puxadores, as panelas tinham suas comidas estragadas!
Coloquei a cozinha em ordem, tornei a ouvir barulhos no forro, corri para chamar meu marido e, novamente, não o encontrei. Os ruídos estavam cada vez mais fortes e subitamente voltei a sentir como se houvesse um peão dentro de mim.
De repente, meu marido me chamou, abri os olhos, eu estava no sofá da sala.
Marília Francisco
Enviado por Marília Francisco em 18/10/2019
Código do texto: T6772637
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marília Francisco
Viamão - Rio Grande do Sul - Brasil, 34 anos
145 textos (3043 leituras)
25 áudios (316 audições)
1 e-livros (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 20:14)
Marília Francisco