Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

pesadelo antigo

Às vezes, meus pesadelos me parecem ser reais. Eu sinto um frio na barriga tremendo, sinto medo, angústia e meu corpo começar a suar frio. Quem sabe eu nem esteja dormindo mesmo, sejam apenas os espíritos solitários noturnos que transitam nas casas de pessoas fracas de alma. Vai ver alguns querem dialogar, querem pedir ajuda ou pedir serviço. Eu tento fazer minha parte, oro antes de dormir e peço para o senhor guardar minha vida e fazer o que tem que ser feito. Quando era menor, percebia de maneira intensa certas presenças em casa, ainda mais quando o período era natalino, minha mãe montava a árvore na sala e os pisca pisca ficavam lá, a noite inteira. Aquilo fazia uma sombra que dava certinho no meu quarto, era medonho demais. Um certo dia, estava com muito medo e comecei a ficar paranoico, senti algumas presenças durante a sombra dos pisca pisca e me cobri com a coberta. A porta ficava sempre aberta, a mãe falava que qualquer coisa eu podia chamar, e também era mais fácil. O pai pedia para deixar aberta e me chamava de cagão. Aquele pisca me torturava de verdade, eu pude ver claramente um corpo se levantando na sombra da árvore. Enquanto ficava com a coberta sobre a cabeça, acho que acabei pegando no sono. Durante ele, eu estava na mesma situação e de imediato me levantei e fui até a sala para averiguar alguma coisa. Não havia nada, mas eu sentia que o espírito estava atrás do sofá, fui lá e me deparei com ele me olhando profundamente, me agarrou e tentou enforcar-me, tentei gritar, mas a voz não saia e eu também não tive reação alguma. Acordei no outro dia com uma forte dor de garganta, o cenário parecia existente, sei lá, talvez tenha sido mesmo.
Rafael Fernando Cibi
Enviado por Rafael Fernando Cibi em 17/10/2019
Reeditado em 17/10/2019
Código do texto: T6771824
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Rafael Fernando Cibi e o site www.rafaelfernando.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Fernando Cibi
Curitiba - Paraná - Brasil, 23 anos
512 textos (10305 leituras)
3 áudios (77 audições)
2 e-livros (78 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 18:37)
Rafael Fernando Cibi