Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Magônia

      No fundo de todo o Ser, existe aquela ideia fundamental, que foge a qualquer estereótipo, cultura, raça ou época, e que evoca a lembrança, ou o desejo, de encontrar um país mítico. Uma terra mágica e misteriosa, diferente de tudo o que se conhece, escondida em algum lugar, mas tão próxima, que é impossível não sentir as suas vibrações. Ela reverbera nos sonhos, nos mitos, nas lendas, nos contos e na esperança de todos na espécie humana.
      Existe um profundo significado nisto. Ele se dilui, ainda, nas suas religiões. Uma nova terra, em seu termos, é uma nova fase. Um novo empreendimento. Em todas as fases da consciência, este vislumbre para novos ambientes é sentido. Quando você era um peixe, há muito tempo atrás, em seus termos, o calor e o brilho do sol radiante, muito verdadeiramente, os impeliram para fora dágua. Vocês descobriram um novo ambiente, o ambiente de vocês aumentou quando trocaram o meio aquático, que era tudo o que conheciam, pelo meio terrestre. Na verdade, com o aumento da consciência, aumenta-se o "ambiente", pois claro, eles estão ligados, para não dizer que são os mesmos. Este ambiente foi criado pelo seu desejo, pela sua vontade, despertada pelos encantadores e quentes raios do sol.
     Todo ambiente nasce da vontade e dos sentimentos. Você nasce neste ambiente atual, porque é desejado e projetado aqui, por um intenso desejo do seu Eu em experimentar a existência física.
      Você não é nenhum fantoche deste Eu, você é a parte dele que explora e prescruta novos caminhos, ramificando novas possibilidades. Se você fosse um boneco deste super Eu, o seu mundo seria perfeito, mas ele não é, porque você é livre para formá-lo.
      Mas um dia é chegado, em que a consciência procura naturalmente novos ambientes. É a parte natural de todas as consciências, pois quanto mais ela se desenvolve, mais quer explorar e criar. Talvez, os desapontamentos que encontram no mundo, tenham a função de despertar em vocês o desejo por estes novos empreendimentos.
      A minha presença aqui, e a presença de alguns como eu, têm, entre outras, o encargo de fazer nascer em alguns, a vontade e o desejo de conhecer estes tais novos ambientes.
      Fazemos um pouco, as vezes da luz do sol de outrora. Longe de Nós querermos nos comparar ao seu sol, mas assim como este os "pescaram" há muito tempo atrás em seus termos, e dado a vocês aquele novo ambiente de que falávamos, nós temos tentando fazer a mesma coisa.
Jeff London
Enviado por Jeff London em 11/09/2019
Reeditado em 11/09/2019
Código do texto: T6742358
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jeff London
Betim - Minas Gerais - Brasil
351 textos (17376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 11:03)
Jeff London