Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Curiosidades sobre tatuagem:

A derme ( camada logo abaixo da epiderme),  contém vasos sanguíneos e nervos, a agulha com tinta penetra na epiderme ( parte superficial da pele) , depositando a tinta na derme.
O corpo reage às picadas da agulha, pois elas ferem, iniciando um processo inflamatório, então, envia células do sistema imune para onde está a ferida. Os macrófagos ( células especiais), como o próprio nome sugere (fagos), vão "comer" a tinta para limpar a inflamação.  Os fibroblastos (células) absorvem o que sobra desta limpeza e a tatuagem não sai mais da pele por meios naturais.


Todavia, se a pessoa precisar removê-la, pode recorrer ao laser. Há cores mais fáceis de se apagar, como a preta.


Thomas Edison

Thomas Edison, o inventor  da lâmpada, possuía uma tatuagem: um Quincunce, uma disposição geométrica de cinco pontos, em seu antebraço. Ele também, entre  muitas outras invenções, patenteou a agulha elétrica, usada nas tatuagens até hoje.
 (Fonte de pesquisa:  Revista Galileu. 2014)

Por que alguém resolve fazer uma ou mais tatuagens?
- Marcar uma época ( feliz ou não). Significa, como nas fotografias ou filmagens, registrar alguma passagem importante da vida em algum tempo, sendo que no próprio corpo.
- Modismo.
- Imprimir na pele retratos e nomes que julgue muito importantes, amores.
- Beleza para alguns ( vaidade).

- Marcar-se para fazer parte de algum grupo.
- Ser marcado como gado por alguém ou grupo.
- Para proteger-se espiritualmente.
- Para defender ideias e ideais.
Faz parte de diversas culturas, é uma prática milenar.

Este é mais um caso de vaidade, seguido por um delírio extremo, provocado pelo excesso de assédio, por ser cultuado nos quatro cantos do Planeta Terra e já possuir uma das maiores fortunas.
Começou sentindo um imenso vazio e solidão, pois estava despreparado de todas as formas para a fama. Acabou desenvolvendo uma espécie de síndrome do pânico, que o levou a um isolamento e claustro, por alguns meses , dentro do seu apart-hotel. No meio da crise, houve um único momento de altruísmo, sentenciando sua própria culpa por deter tantos patrimônios, tantos bens e um bilhão de pessoas no mundo estarem passando fome. Conquanto, o tal altruísmo só durou um dia, quase que imediatamente, apagou dos objetivos doar metade de tudo aos desvalidos. Não, eles não mereciam, o que eles mereciam era continuar idolatrando-no. Porque também eram como insetos ofuscando sua luz quase divinal.
Saiu de lá, para o espanto e horror de todos, com setenta por cento do corpo tatuado de símbolos místicos. E em vez de tinta, ouro do mais puro quilate.

Seus dentes foram revestidos de ouro e os fios de cabelo também, incluindo sobrancelhas e outros pelos.

Desde lá, assumiu a postura de um Deus do Monte Olimpo, cercado de súditos insanos.
Antes, proferiu ao mundo que os mortais não poderiam tentar utilizar as técnicas, pois trabalhou com os maiores e melhores especialistas, e os procedimentos, além de serem exorbitantemente caros, em sua maioria, poderiam causar choque anafilático, levando ao óbito.

Ich glaube, dass die deutsche Sprache ist die bevorzugte Sprache des Teufels
VICTORIAH
Enviado por VICTORIAH em 13/02/2017
Reeditado em 15/02/2017
Código do texto: T5911844
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
VICTORIAH
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
559 textos (64134 leituras)
203 áudios (13551 audições)
2 e-livros (173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 06:01)
VICTORIAH

Site do Escritor