Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Erhalten Sie weg von meinen Knochen !

Estão vendo aquele esqueleto para fins de estudo, nos laboratórios de medicina da Universidade Federal? Pois é, é uma ossada maldita. Quem toca nela, não consegue mais dormir, e se dorme, é atormentado por pesadelos, com gritos, dores, amputações, estrangulamentos, por pensamentos ruins e depois morre, ou se suicidando ou de outra maneira trágica. Mas a ciência é cética, não acredita em superstição. Os alunos já o furtaram para enterrar, já rezaram missa, já incineraram e a ossada inexplicavelmente volta para o mesmo lugar. Nos sonhos e de madrugada, todos escutam nesta ala: "Erhalten Sie weg von meinen Knochen !

" Que em alemão quer dizer: "Afastem-se dos meus ossos!" Pois sou o anjo da morte, se o fizerem, estarão profanando minha memória e o que restou de mim. Estou sofrendo. E sofrimento maior para mim é tentar ser analisado por este bando de "macacos selvagens". Meu maior castigo foi por os pés nesta terra. Se há um inferno, é aqui!

Então, foi-me dito que esta ossada é de um sádico e sanguinário carrasco nazista, depois de ter torturado e morto milhares de judeus e ciganos em prol da medicina e da ciência, terminada a guerra, fugiu para a América do Sul com outra identidade, sendo sua última parada no Brasil. Casou-se de novo, assumiu o nome verdadeiro para herdar bens da família alemã e aqui morreu de velhice, no interior de São Paulo, como um pacato cidadão de bem, com outra identidade.

Geralmente psicopatas, são muito inteligentes, ambiciosos, às vezes subestimam a inteligência dos outros. Psicopatas matam sem dó e só choram se forem pegos. Não por pena de suas vítimas, mas porque foram "injustiçados" com pena.
Da vítima, só sentem ódio na hora do assassinato, mesmo assim são para ele nada, nem antes, nem depois do crime. Não é raro psicopatas se tornarem açougueiros ou médicos cirurgiões, porque adoram lidar e sentir cheiro de sangue. Uns amam bebê-lo, outros comem carne crua, de preferência humana.
Não creio na justiça divina, nem na humana. Mas respeito as pragas. Não creio em leis do retorno, nem em espíritos, nem em reencarnação, mas respeito as forças invisíveis, as energias poderosas que circundam o mundo dos vivos. Estas, estão presas, por algum motivo aqui.

Então, é recomendável não se aproximar desses ossos, embora seja muito difícil não respirar e nem pisar nem quando viram cinzas, pois são as cinzas, pós do mal espalhando-se pelo mundo! É delas que vêm os vírus da maldade.
VICTORIAH
Enviado por VICTORIAH em 22/03/2016
Reeditado em 16/04/2016
Código do texto: T5581842
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
VICTORIAH
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
559 textos (64138 leituras)
203 áudios (13552 audições)
2 e-livros (173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 10:43)
VICTORIAH

Site do Escritor