Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOUVE UM TEMPO EM QUE UM VILAREJO QUE FICAVA EM CIMA DE UMA MONTANHA PASSOU A TER MUITOS PROBLEMAS COM A CHEGADA DE DOIS ENORMES DRAGÕES.
CERTA MANHÃ, ENQUANTO ARZUR, UM CAMPONÊS SE OCUPAVA EM PASTOREAR AS SUAS OVELHAS, ECOOU UM GRANDE ESTRONDO, SEGUIDO DE UM TERRÍVEL TREMOR DE TERRA E O SOL DESAPARECEU MISTERIOSAMENTE.
MAS, FELIZMENTE PARA OS MORADORES DO VILAREJO EM CIMA DA MONTANHA, APÓS ALGUMAS HORAS, A LUA SURGIU  NO CÉU E ARZUR  CONTINUOU REALIZANDO O PASTOREIO DE SUAS OVELHAS SOB A LUZ DO LUAR.
PORÉM, A ALEGRIA DO JOVEM PASTOR DUROU APENAS ALGUNS MINUTOS PORQUE LOGO ECOOU UM SEGUNDO ESTRONDO QUE ABALOU MAIS UMA VEZ O VILAREJO SEGUIDO DE UM TREMOR AINDA MAIOR FAZENDO COM QUE A LUA TAMBÉM DESAPARECESSE.
ENTÃO, ARZUR CAMINHOU RAPIDAMENTE PARA A CASA, POIS, HAVIA FICADO PREOCUPADO COM  TANJA, A SUA ESPOSA.
FELIZMENTE ELA ESTAVA  BEM, POIS, NÃO HAVIA SOFRIDO  NENHUM FERIMENTO, MAS, JÁ O VILAREJO FICOU SEM VER O BRILHO DO SOL E DA LUA POR MUITOS DIAS.
ENTÃO, O DESESPERO TOMOU CONTA DE TODOS OS MORADORES DO VILAREJO DA MONTANHA, POIS, AS PLANTAÇÕES ESTAVAM MORRENDO, O PASTOREIO DAS OVELHAS, A PESCA E A CAÇA TIVERAM QUE SER INTERROMPIDAS COM O DESAPARECIMENTO DO SOL E DA LUA.
ESSA SITUAÇÃO FEZ COM QUE ARZUR E TANJA FICASSE PREOCUPADO COM A SOBREVIVÊNCIA DO SEU POVO E ASSIM ELES DECIDIRAM PROCURAR PISTAS QUE  FIZESSEM COM QUE ENCONTRASSEM O SOL E A LUA.
ENTÃO, ARZUR QUE ERA O LÍDER DA COMUNIDADE DO VILAREJO DECIDIU MONTAR UM PEQUENO EXÉRCITO DE GUERREIROS E ASSIM FOI FEITO.
ENTÃO, ESTAVA FORMADO O EXÉRCITO DOS GUERREIROS DA MONTANHA QUE SAÍRAM PARA TRAZER DE VOLTA O BRILHO DO SOL E DA LUA  PARA A MONTANHA ONDE MORAVAM.
OS GUERREIROS PROCURARAM O SOL E A SOL POR MUITOS DIAS COM O AUXÍLIO DE UMA TOCHA ACESA COM FOGO PARA ILUMINAR O CAMINHO POR ONDE PASSAVAM JÁ QUE O VILAREJO E A  MONTANHA ESTAVA NA ESCURIDÃO.
 DEPOIS DE CAMINHAREM MUITAS LÉGUAS, OS GUERREIROS VIRAM UMA LUZ PERTO DE UM LAGO.
ENTÃO, ELES CORRERAM  PARA O LAGO E ENCONTRARAM DOIS ENORMES DRAGÕES BRINCANDO COM O SOL  E A LUA.
ASSIM, OS GUERREIROS FICARAM ENFURECIDOS, MAS, AO MESMO TEMPO FICARAM RECEOSOS OS ENORMES DRAGÕES.
O PEQUENO EXÉRCITO DE GUERREIROS FOI TOMADO PELO MEDO E DECIDIU ABANDONAR A MISSÃO DE RESGATAR O SOL E A LUA.
ENTÃO, RESTOU A ARZUR E  TANJA CONTINUAREM COM A DIFÍCIL MISSÃO DE ENFRENTAR OS DOIS ENORMES DRAGÕES.
ENTÃO, ANTES DE LEVANTAREM AS SUAS ESPADAS E ENTRAREM EM COMBATE  COM OS DRAGÕES, O CASAL SENTOU- SE SOBRE UMA ROCHA Á BEIRA DO LAGO PARA DECIDIR  COMO SERIA O ATAQUE AOS DRAGÕES.
 
ASSIM, ELES AVISTARAM UMA FUMAÇA SAINDO DE UMA DAS ROCHAS , ENTÃO, ELES SE APROXIMARAM E ARZUR  COM TODO O CUIDADO LEVANTOU A ROCHA E DESCOBRIU QUE NAQUELE LUGAR HAVIA UMA PASSAGEM SECRETA.
ASSIM ARZUR E TANJA  ENTRARAM NELE E CHEGARAM Á UMA COZINHA ONDE  ENCONTRARAM UMA SENHORA COZINHANDO.
ARZUR E TANJA CURIOSOS COM A CENA QUE ESTAVAM PRESENCIANDO, PERGUNTARAM:
- O QUE A SENHORA FAZ AQUI  NESSA PASSAGEM SECRETA?
E A SENHORA QUE NÃO VIA PESSOAS HÁ MUITOS ANOS, DISSE:
- EU FUI APRISIONADA  DENTRO DESSA COZINHA  POR DOIS ENORMES DRAGÕES QUE ME OBRIGARAM A COZINHAR PARA ELES.
DEPOIS DE SABER  DA SITUAÇÃO QUE A SENHORA ESTAVA PASSANDO, ARZUR DISSE:
- ESSES DRAGÕES SÃO MAIS CRUÉIS DO QUE EU PENSAVA, POIS, ALÉM DE RAPTAR O SOL E A LUA AINDA APRISIONA UMA SENHORA E A  FAZ DE ESCRAVA.
A SENHORA SABENDO DO DESAPARECIMENTO DO SOL E DA LUA, DISSE AO CORAJOSO GUERREIRO:
- EU SEI O SEGREDO PARA QUE VOCÊS CONSIGAM DERROTÁ-LOS E LIBERTAR O SOL E A LUA.
PARA ISSO ACONTECER É PRECISO QUE VOCÊS ENCONTREM UMA  ESPADA E UM ESCUDO DE OURO QUE ESTÁ ESCONDIDO EM ALGUM LUGAR NESSA MONTANHA.
ARZUR E TANJA OUVINDO A COZINHEIRA DESVENDAR O SEGREDO PARA VENCER OS DRAGÕES, FOI CORRENDO ATÉ O PONTO MAIS ALTO DA MONTANHA E ESCAVARAM MUITOS LUGARES POR DIA ATÉ QUE  UM DIA FINALMENTE ENCONTRARAM A ESPADA E O ESCURO DE OURO.
ENTÃO,  ELES VOLTARAM PARA A PASSAGEM SECRETA E  MOSTRARAM OS DOIS OBJETOS PARA QUE A SENHORA  OS RECONHECESSE.
ENTÃO, ELA NÃO SÓ RECONHECEU  COMO TAMBÉM DISSE PARA QUE ARZUR JOGASSE A ESPADA E O ESCUDO DE OURO NO RIO.
ENTÃO, ASSIM FOI FEITO, ARZUR JOGOU A ESPADA E O ESCUDO DE OURO  NO LAGO.
NESSE  MOMENTO, OS DRAGÕES SENTIRAM MUITAS DORES E  COMEÇARAM A SANGRAR E O SANGUE DELES FEZ COM QUE  A ÁGUA CRISTALINA DO LAGO FICASSE VERMELHA.
ENTÃO, OS ENORMES DRAGÕES SE APROXIMARAM DE ARZUR, SOLTANDO FOGO PELAS NARINAS.
ENQUANTO ARZUR DISTRAIA A ATENÇÃO DOS DRAGÕES, TINJA RESGATOU O SOL E A LUZ.
ENTÃO, QUANDO ARZUR VIU O SOL E A LUA NAS MÃOS DA ESPOSA, ELE LEVANTOU A SUA ESPADA E FERIU UM DOS DRAGÕES QUE TOMBOU NO SOLO JÁ SEM VIDA E O OUTRO DRAGÃO ENTROU NO LAGO E FOI TRAGADO PELAS ÁGUAS QUE HAVIAM SIDO ENVENENADAS PELO SANGUE DOS DRAGÕES.
ASSIM, DEPOIS DE GARANTIDA A VITÓRIA SOBRE OS TERRÍVEIS DRAGÕES QUE TANTOS PROBLEMAS CAUSARAM AO VILAREJO DA MONTANHA AO RAPTAREM O SOL E A LUA, ARZUR E TANJA RECOLOCARAM O SOL E A LUA SOB O CÉU DA MONTANHA FAZENDO COM QUE A PLANTAÇÃO VOLTASSE A NASCER E CRESCER E QUE O PASTOREIO DAS OVELHAS, A PESCA E A CAÇA TAMBÉM PUDESSE SER PRATICADAS NOVAMENTE.
DESDE ENTÃO, ARZUR E TANJA, O CASAL DE GUERREIROS CORAJOSOS DA MONTANHA PASSOU A VIGIAR O LAGO PARA EVITAR QUE O SOL E A LUA FOSSE ROUBADO NOVAMENTE, POIS, NO VILAREJO TODOS ACREDITAVAM QUE O DRAGÃO SOBREVIVENTE QUE HAVIA SIDO TRAGADO PELAS ÁGUAS DO LAGO ESTARIA ESCONDIDO NA PASSAGEM SECRETA QUE HAVIA DEBAIXO DA ROCHA ENCONTRADA PELOS GUERREIROS DA MONTANHA.
 
 

 
Saulo Piva Romero
Enviado por Saulo Piva Romero em 02/07/2020
Reeditado em 06/07/2020
Código do texto: T6994192
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Saulo Piva Romero
Itanhaém - São Paulo - Brasil, 48 anos
235 textos (19331 leituras)
104 áudios (289 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 11:28)
Saulo Piva Romero

Site do Escritor