Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
 
 
SE AINDA SOBRASSE CORAGEM -BVIW,
 Como de costume, Sofia  apagou a luz do quarto e preparou-se para  rezar. De repente, desistiu, deitou-se, pensando em ter uma conversa com seu silencio.
O que ouviu, deixou-a    nimadíssima para dar um novo rumo a sua acomodada vida. Seu silencio disse:  precisas  dar uma guinada  nessa vidinha insossa. Filhos criados, tens teus próprios recursos, não  dependes de ninguém...
E teu  sonho de conhecer  Paris, Barcelona, Madri, Amsterdã, Roma?  E de hibernar um tempo no Pantanal?  Desapega por um tempo desta casa, destes móveis, desta  cidade. Precisas atravessar outras  pontes de degelo  desse iceberg em te transformastes. Sai logo dessa cama arruma a bagagem e cai  no mundo em busca de giraasois. Não, não estou pedindo que deixes de prezar o que tens, o lugar onde vives, mas muda de ares...Ainda és jovem, ainda tem viço no teu corpo e deslumbres em teu olhar. Dá uma chance para novos sorrisos, para caminhadas ao luar, para  o teu  coração adormecido.
 Sofia ouviu seu silencio e  deu-lhe  a resposta que  ele não esperava: se ainda sobrasse coragem.
 
CONCEIÇÃO GOMES
Enviado por CONCEIÇÃO GOMES em 09/06/2020
Código do texto: T6972388
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
CONCEIÇÃO GOMES
Curitiba - Paraná - Brasil, 76 anos
605 textos (94337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 10:58)
CONCEIÇÃO GOMES