Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Pescador de Sereias

Numa aldeia de pescadores, todos admiravam Ney; ele era o maior pescador daquele lugar, sempre trazendo muitos peixes, grandes e de carne macia. Numa noite, Ney não conseguiu sequer "beliscar" alguma coisa. E ele já havia tentado de tudo, jogando a vara pra todos os lados, mas nenhum peixinho resolveu aparecer naquele rio. Até que teve uma ideia: "amanhã vou voltar com uma rede, assim pego vários peixes de uma só vez."
No dia seguinte, Ney jogou a rede nas águas verdes e cristalinas do rio. Mas ao puxar, um peso estranho sobreveio. Gritou por ajuda, onde mais três jovens foram socorrê-lo. Uma mulher loura estava presa nas redes, mas o mais estranho é que ela não tinha pernas. Tinha uma cauda verde de peixe. Sim, era uma sereia. Seus cabelos louros completavam o rosto angelical. Ney achou que estava sonhando, mas ao ouvir a doce voz da sereia, descobriu que era uma sereia de verdade. Ney lhe deu o nome de Jade. Na semana seguinte, Ney pescava naquele rio verde e pegou outra jovem. Esta era ruiva e sua cauda era cor de rosa. Ele comprou um aquário e colocou as duas ali, admirando-as sempre antes de dormir.Nas semanas seguintes, ele pescava mais e mais sereias e as levava para seu aquário particular. Chegou a ter mil. Louras, ruivas, morenas. E sabe por que ele sempre as levava para seu aquário? Ele tinha uma doença no coração e o canto das sereias fazia com que seu sofrimento amenizasse. Ney ainda vive. Quando sente dor ou alguma coisa desagradável, ele procura suas amigas. E assim vive feliz.  
gordilho de betim
Enviado por gordilho de betim em 15/04/2020
Código do texto: T6917894
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
gordilho de betim
Betim - Minas Gerais - Brasil
631 textos (14233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 21:49)