Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Caminho da Fé

Até onde é capaz de levar a tua Fé? Você saberia responder?
Acredito que muitos não saberiam responder.
De antemão é possível dizer que para realizar uma "viagem espiritual" é preciso ter muita Fé.
Aqui neste conto a Fé está direcionada a Nossa Senhora de Aparecida. Há quem acredita e há quem não acredita. Para quem acredita os motivos, pedidos, agradecimentos e ou promessas realizadas são muitos. Só que desta vez não seria de joelhos ao chão e nem queimando velas e sim caminhando vários dias. Um tempo suficiente para orar, rezar, agradecer e quem sabe até se arrepender de alguma coisa que tenha feito.
Verdade seja dita, uma viagem espiritual começa muito antes de pôr o pé na estrada. Como eu disse literalmente por os pés na “estrada”.
Sendo assim, a viagem requer todo um planejamento e uma boa preparação para que nada dê errado.
Quem participa deve estar ciente de quais são os motivos da realização desta “caminhada”. Afinal de contas são vários dias de caminhadas longe de suas cidades e de seu cotidiano. E convivendo com pessoas amigas, conhecidas, parentes, ou mesmo pessoas desconhecidas.
Desta vez o grupo era de mais de trinta pessoas. Dentre estas estavam uma pessoa de mais de oitenta anos que já fizera o percurso antes.
A programação se estenderia até meados de julho. O mês de julho considerado o melhor mês para a realização deste tipo de caminhada pois raramente chove e em sua maioria predomina uma boa estiagem durante os dias, noites e madrugadas. Porém, a que se considerar a possibilidade de frio na Serra da Mantiqueira.
Cumprido a etapa de programação agora a previsão de saída seria no domingo a noite e a chegada ao Santuário Nacional de Aparecida na sexta-feira. Ou seja, cinco dias de caminhadas por entre serras, estradas de chão e pouco asfalto e uma distância de 190 km a serem percorridos.
Na bagagem coisas necessárias como roupas leves para uso durante o dia durante a caminhada e roupas mais pesadas para a caminhada noturna (madrugada). Uma capa de chuva descartável com touca para se proteger de “garoas” ou chuvas. Os calçados de preferência leve e já bem usados.
Era necessário ainda uma pequena mochila com poucos pertences, remédios de uso contínuo, documentos e coisas necessárias para uso durante os percursos a serem percorridos.
Com a inscrição feita no Grupo, ganha-se uma camiseta com o logotipo com a Imagem de Nossa Senhora Aparecida, um “cajado” e o roteiro previamente estabelecido.
O local de partida previamente combinado foi o Santuário de Nossa Senhora das Graças, em Bom Repouso - MG.
O Santuário é muito conhecido na região das minas pois recebe milhares de romeiros e devotos de Nossa Senhora das Graças.
Neste Santuário, o destaque é a bela imagem de Nossa Senhora das Graças, com seus 20 metros de altura, é a segunda maior do Brasil.
O Santuário está localizado em meio a Serra da Mantiqueira, no extremo Sul de Minas Gerais, a uma altitude média de 1371 metros acima do nível do mar.
A Missa estava programada para as dezenove horas. Era ali o ponto inicial da Caminhada rumo a Aparecida do Norte. Após a celebração da Missa é a hora de rezar o Terço...
Benedito José Rodrigues
Enviado por Benedito José Rodrigues em 14/08/2019
Reeditado em 15/08/2019
Código do texto: T6719868
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Benedito José Rodrigues
Osasco - São Paulo - Brasil, 63 anos
96 textos (2406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 13:37)
Benedito José Rodrigues