Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A escola era...

A escola era um Grupo Escolar.
O Grupo Escolar tinha o nome do antigo prefeito da cidade.
Justa homenagem, pois foi ele quem construiu durante o seu mandato.
Tinha um corredor enorme.
De um lado as salas de aulas e de outro a direção, secretaria e biblioteca.
No fim do corredor ficava o pátio e a cozinha.
A metodologia de ensino era tradicional.
Era uma escola com normas e regras rígidas a serem seguidas.
Não era admitido atrasos de alunos e nem dos professores.
Era obrigatório á todos os alunos cantarem o Hino Nacional enquanto hasteava a bandeira.
O "Regime Militar" pairava no ar!
O professor era um sabedor de tudo.
Seu principal instrumento de trabalho era o livro.
Você lembra do seu primeiro livro escolar?
O meu primeiro livro chamava "Caminho Suave".
"Caminho Suave", lembro bem do seu conteúdo.
Devo ter lido as lições umas centenas de vezes.
Tal qual a "tabuada".
A "tabuada", essa foi a culpada de vários puxões de orelhas.
Na época ninguém sonhava e nem arriscaria a aprovar a "lei das palmadas".
O que chamamos hoje de "bulling", naquele tempo era uma brincadeira de crianças.
Se bem que os professores em salas de aulas não aprovavam estas brincadeiras.
Lembra que eu já disse que gostava muito de brincar.
Custa-me dizer que eu não era tão adiantado na escola.
A "sineta escolar" soava anunciando a hora do recreio.
Quem não ficava de "castigo" tinha todo o direito de participar da merenda escolar.
Tudo era magia, até o castigo era valorizado, pois incentivava ao aprendizado escolar.
Não sei porque as horas dos dias eram bem definidas pelo apito do trem que chegava ou que partia levando sonhos e grandes emoções...



Benedito José Rodrigues
Enviado por Benedito José Rodrigues em 02/09/2015
Código do texto: T5368270
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Benedito José Rodrigues
Osasco - São Paulo - Brasil, 63 anos
96 textos (2426 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/01/20 19:40)
Benedito José Rodrigues