Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homem literal

Dona Zefinha foi procurar o doutor França porque estava  preocupada com o marido, que deu para sair de casa e voltar contando suas proezas linguísticas.  Eis alguns  casos, em poucas horas. Esperando o coletivo, uma vizinha, para puxar conversa, perguntou-lhe se  ia pegar o ônibus. Seu Domingos respondeu-lhe  que o veículo era muito pesado. Na seção de crediário de uma loja, a moça do cadastro lhe pediu o celular.  Seu Domingos, imediatamente, entregou-lhe o aparelho. Comprando meias, perguntam-lhe se eram para esporte, mas ele respondeu que eram para calçar.  Quando outra vizinha o cumprimentou pelas vinte primaveras da filha, seu Domingos fez as contas e disse que a moça não tinha cinco anos. Quase entrando em casa, um transeunte quis saber se  ele tinha horas;  seu Domingos apenas disse que tinha relógio...  Uma chateação!   – Dona Zefinha, seu marido sofre de sentido literal – disse o médico. – Isso quer dizer que ele está virando poeta, doutor?  – Não, dona Zefinha. A doença é grave e está  matando o poeta que tem dentro dele.


Walter Rossignoli
Enviado por Walter Rossignoli em 24/07/2016
Reeditado em 20/10/2016
Código do texto: T5707938
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Walter Rossignoli
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
286 textos (24323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 05:50)
Walter Rossignoli