Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aquela mulher...

Aquela mulher saiu de seu trabalho, pegou carona de seu filho e foi para
a faculdade, assistir uma palestra... O tema era: "Como falar em público",
ela chegou um pouquinho antes de começar. Sentou-se na segunda fileira
nem olhou para ver se tinha alguma colega do curso, ficou quieta a espera da aluna que assistira a palestra no dia anterior, ao seu lado.
Passaram- se alguns minutos e a palestra começou, a professora Denise
era a palestrante. O público era de alunos de vários cursos e de várias
idades. O tema bastante interessante tomou a atenção do público.  A voz
da palestrante era calma e segura. Para resumir, o tema foi bastante
explorado e a professora encerrou a palestra com grande aplauso do
público.  A coordenadora do curso de Pedagogia, deu a ideia de convidar
os alunos a tentarem vencer o medo de falar em público  e também
ganharem uma pequena lembrança. Aí que vem a surpresa, eu tive a ideia de subir lá e me apresentar, aos poucos as pessoas     foram      se
aproximando. E eu disse para a colega ao lado:"Eu estou nervosa, louca
de medo, mas eu vou." Ela sorriu e esperou para ver se eu iria mesmo.
Acreditem, meu coração batia fortemente, mas eu queria vencer o medo.
Fui para a fila, eu era a última. Quando faltavam umas três pessoas   na
minha frente, sentia o coração bater muito forte, e uma grande   alegria
ao mesmo tempo. A professora do meu curso não estava nesta palestra.
Chegou a minha vez, olhei o público de maneira geral e falei alto e com
segurança. Falei o meu nome, o nome do curso, o semestre, e aproveitei para dizer que estava ali para perder o medo de     falar   em  público. Disse que escrevia poesias, e falei para colocarem o meu nome
no Google, para ver os poemas. Senti que o público silenciou para   me
ouvir, e isto me deu segurança. Acabei dizendo que estava muito nervosa, mas muito feliz por estar ali, vencendo o medo de falar em
público. Abracei a coordenadora, ela agradeceu,e eu também,   e fui  ao
encontro da palestrante dizendo que tinha gostado demais da palestra.
Em resumo, meu dia foi bom, á noite fiz algo que me deixou melhor, e
para fechar com chave de ouro ao abrir o meu e-mail, recebi    de    um
grande poeta, uma poesia minha, com uma música de fundo de violão.
Queridos leitores, nunca me arrisquei a escrever um conto.
Saibam que fico feliz se vocês decidiram ler até ao fim. Grande abraço.

Nara Stern.  (n.r.s.s.)
********************************************************


Nara Stern
Enviado por Nara Stern em 28/06/2012
Código do texto: T3748789
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nara Stern
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
5224 textos (143838 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 19:07)
Nara Stern