Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRECISO DE TI

Antes de começar a contar a nossa história, eu quero falar pra vocês de uma pessoinha muito especial e personagem importante desta narrativa. O seu nome é Lorena, uma garotinha linda de oito anos de idade.
Lorena que embora fosse uma criança maravilha e cheia de alegria, era órfã de pai e nascera com problemas congênitos que com o passar do tempo gerou complicações que comprometeu a sua medula e a levou a uma internação hospitalar.
— Eu não quero assustar a Senhora, mas o caso de sua filha demanda uma transfusão de medula e requer celeridade. O tempo está passando e se Lorena não for tratada com a urgência que o problema exige, infelizmente não poderemos salvá-la.
Falou à Dona Tereza mãe de Lorena, o médico que acompanha a garota na internação. Aquela noticia foi cruel que até o medico que já estava familiarizado com a astuciosa menina, deixou que as lágrimas denunciassem sua tristeza. Na verdade além de Dona Tereza, todos que se encontravam naquela ala do hospital no momento da notícia choraram, exceto Lorena, que procurava acalmar a todos.
— Não se preocupem! Deus Dará uma solução...
Dizia a destemida garota, mas no fundo todos sabiam que ela também escondia certa aflição.
As noticias não eram animadoras e se agravavam pela compressão de tempo, pois o seu quadro clínico piorava progressivamente a cada dia e se os procedimentos cirúrgicos não fossem adotados com brevidade, ela não resistiria.
Certa noite, após todos se recolherem para dormir, Lorena aproveitou e sussurrando baixinho para não acordar ninguém, pôs-se conversar com Deus. Não era uma oração, ela era parecia íntima e com os olhinhos fechados dizia assim:
— Querido Papai do céu, sei que o Senhor é bastante ocupado, também sei que não sou a única pessoa do mundo que precisada da sua ajuda, mas eu preciso muito falar contigo. Sabe Deus, eu não estou questionando as suas decisões e nem um pouquinho do seu amor, saiba que eu também te amo muito. Vou te confessar uma coisa... Eu não quero morrer! Não é por mim, sabe Deus? Mas é que eu ainda preciso cuidar da minha mamãe e dos meus irmãos pequenos. Eles precisam de mim.
Enquanto isso a menina enxugava, algumas lágrimas que lhe molhavam o leito e com a voz ainda sussurrante concluiu:
— Eu confio no senhor e sei que pode me dar uma medula, através das pessoas boas e vou esperar. Beijos Deus. Te amo!
Infelizmente na amanhã seguinte os problemas de saúde garotinha se agravaram e após um súbito acometimento cardiorrespiratório e rico iminente de morte a menina foi levada às pressas para a UTI e todos ficaram apreensivos e preocupados com o destino da médica.
Este parecia mais um daqueles dias em que cada segundo dura uma eternidade. Todos oravam e as linhas telefônicas do céu deviam até estar congestionadas. Condoída com a situação da menina, a enfermeira Helena, uma pessoa muito humana e uma excelente profissional, resolveu fazer um apelo público na televisão na tentativa de encontrar um doador compatível para a menina. Helena que no passado perdera uma filha de dez anos vítima de um câncer por falta de doadores, fez um apelo de mãe tão lindo que virou notícia nacional e aquelas tocantes palavras terminaram assim:
— Eu perdi a minha filha, mas vocês têm a oportunidade de dar uma vida, pensem nisso!
Não foram poupados esforços e graças à comoção provocada por aquele apelo, vários doadores se apresentaram ao hospital para uma pronta doação e felizmente dentre eles um doador compatível com Lorena.
A cirurgia fora então marcada para a manha do dia seguinte e assim procedeu-se e dava pra se ouvir no final toda equipe médica comemorando o êxito do procedimento cirúrgico. Correu tudo bem tudo bem naquela operação e no dia seguinte a menina já podia receber visitas. Foi um alvoroço naquele hospital e tamanha a comemoração quando nesta manha a menina acordou sorrindo e quando ela foi indagada sobre a razão do seu sorriso, ela disse já saber que estava bem que Deus. Segundo ela Papai do céu havia lhe acordado com um beijo no rosto e lhe dito que conforme ele tinha lhe prometido na noite cujo eles conversaram, ele próprio tocaria no coração das pessoas e ela ficaria bem. A menina que conversava com Deus tinha certeza de uma coisa, Papai do céu escuta quem fala com ele e sempre responde. Os médicos e enfermeiros foram aclamados pelo feito, principalmente a enfermeira Helena e neste dia a população compreendeu como é importante uma doação principalmente para quem a recebe e aquela era uma lição que ficaria pra toda vida.

A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Enviado por A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc) em 25/01/2011
Reeditado em 28/01/2011
Código do texto: T2752130
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Salvador - Bahia - Brasil
249 textos (37664 leituras)
11 áudios (1387 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 17:25)
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)