Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amigos químicos

Tatiane queria ficar loira, pois no ambiente de trabalho, as colegas, na maioria, eram. Viu que as meninas chamavam a atenção do público em geral, e dona Terezinha, a chefe do setor, sempre elogiava os cabelos delas. Sentia-se o patinho feio da lagoa do setor pessoal. Até na hora do almoço, era deixada de canto, na roda dos enjeitados.

Chegava em casa sempre pensativa, e quando alguém perguntava, a resposta estava na ponta da língua: - É o cansaço! Emburrada, tomava o banho, forrava o estômago com alguma coisa, e jogava-se na cama. Pela manhã, já renovada, partia para o trabalho. Um dia, acordou cedo, e resolveu mudar a cor dos cabelos.

Saiu bem cedinho, não falou com ninguém, e foi num salão especialista em loiros. A recepcionista já foi logo perguntando: - Vai puxar os fios com a touca ou vai usar as lâminas, senhora? Sem saber para que lado ia, respondeu: - Lâminas! Pensou sobre a touca e teve a impressão de dor. - Dinheiro ou cartão, senhora? Perguntou a recepcionista.

Ela sem pensar duas vezes, falou: À vista! E a recepcionista completou: - Vai ficar em torno de R$450,00. Ela esbugalhou os olhos e disse: - Quanto? E a recepcionista balbuciou: - R$450,00. Ela sem jeito, e tomada pelo roubo ao seu mísero salário, perguntou: - Parcela em quantas vezes? No cartão é R$ 600,00, e a senhora poderá parcelar em 5 vezes.

Tatiane sem graça, sem ânimo e sem jeito, concordou em distribuir a dívida em suadas parcelas. O procedimento durou umas quatro horas, mas valia a pena ficar Cinderela. Tomada pelo sentimento de alegria, e com a autoestima nas nuvens, foi para casa. No caminho percebeu a diferença, as buzinas pareciam sabiá, gorjeando cantadas.

O público feminino olhava para ela com ar de aprovação, o que aumentou a sua confiança. Chegou em casa outra pessoa, talvez, uma identidade melhorada. A família teceu elogios, e a Tatiane foi dormir extasiada. Na cama pensou em voz alta: - Um simples clareamento nos cabelos e minha vida deu uma guinada.

De manhã, apressou-se para trabalhar, já na chegada, o segurança não reconheceu ela, e barrou sua entrada: - Só é permitido funcionários, senhorita. Aguarde na recepção! Ela sorriu e disse: - Sr. Rodrigo, sou eu, Tatiane. Ele imediatamente, retratou-se: - Mil desculpas, não reconheci a senhora.

Ela dirigiu-se à sua sala, e quando entrou, todo mundo parou o que estava fazendo, para olhá-la. Recebeu muitos elogios, e as colegas chamaram-na para fazer as perguntas triviais. Pela primeira vez, tinha sido notada, e tinha algo em comum para ser compartilhado. Dona Teresinha, quando chegou e percebeu a mudança, rasgou-lhe um senhor elogio: - Nossa, Tati, você ficou linda! Parabéns!

A manhã foi atípica, mas depois tudo voltou ao normal. Na hora do almoço, as colegas fizeram questão de ficar com ela na mesa; nesse instante a ficha caiu, e a roda dos enjeitados que acolheram-na por dois anos?  Esse pensamento foi igual ao clareamento dos seus cabelos, luminosos e radiante; contudo, não moveu uma palha para mudar de mesa.

Em time que está ganhando não se mexe. Pensou. Acenou de longe para o grupo e continuou com o sorriso largo com as, quimicamente, loiras.

Às vezes, não percebemos a força do grupo ditador de modas e tendências, e para ser aceito mudamos a nossa aparência; não sei se a influência compromete a identidade ou se nossa crença não tem base. Mas as relações interpessoais são importantes e capazes de gerar momentos de qualidade no indivíduo. Ninguém deve viver à margem social ou nas famosas rodas dos enjeitados.
Jaciara Dias
Enviado por Jaciara Dias em 29/11/2019
Reeditado em 29/11/2019
Código do texto: T6806543
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Jaciara Dias
Salvador - Bahia - Brasil
309 textos (6162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 06:18)
Jaciara Dias